Meio Ambiente

Senadores vão acompanhar incêndios no Pantanal

02:37Senadores vão acompanhar incêndios no Pantanal

Transcrição LOC: SENADO TERÁ COMISSÃO PARA ACOMPANHAR AÇÕES DE ENFRENTAMENTO AOS INCÊNDIOS REGISTRADOS NO BIOMA PANTANAL, QUE DEVASTARAM DOIS MILHÕES DE HECTARES DESDE JANEIRO. LOC: SENADOR DEFENDE A VOTAÇÃO DO ESTATUTO DO PANTAMAL PARA PROMOVER O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DA REGIÃO. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN TÉC: A Comissão Temporária Externa do Senado vai acompanhar as ações de enfrentamento aos incêndios no bioma Pantanal e seus desdobramentos em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Quatro senadores vão pessoalmente verificar as providências adotadas para evitar novos focos, a limpeza dos locais incendiados, a proteção das populações afetadas, além dos impactos na fauna, flora e na economia. Os parlamentares querem acesso às informações da Operação Pantanal. De janeiro ao dia 20 de agosto, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o INPE, registrou mais de 8 mil focos de incêndios, quase metade somente no último mês, período da seca e da limpeza de roçados ou pastagens com fogo. O autor da iniciativa, senador Wellington Fagundes, do PL de Mato Grosso, citou que serão ouvidos representantes de ONGs, universidades, centros de pesquisa, da defesa civil e dos governos. De olho numa solução definitiva, ele quer a votação do Estatuto do Pantanal para o desenvolvimento sustentável do bioma. Wellington Fagundes defendeu uma fiscalização contra o desmatamento, além do fortalecimento do chamado Prevfogo e da capacitação dos próprios moradores. (Wellington) É um fogo que praticamente está dizimando o Parque do Pantanal, dizimando parte da nossa fauna e nossa flora. Então, realmente é algo muito complexo. Por isso, nós propusemos a criação dessa Comissão Externa para estar lá in loco visitando conhecendo, conversando com os pantaneiros, conversando com os investidores e buscando uma solução científica com as universidades, com as organizações não- governamentais. REP: Ao defender a instalação imediata da Comissão Externa, a senadora Simone Tebet, do MDB de Mato Grosso Sul, cobrou a atuação do governo federal no combate aos incêndios no Pantanal. (Simone) O Pantanal está sendo totalmente devastado. Nós podemos estar falando da extinção de centenas de espécies. O senador Wellington se soma com esta medida a uma indicação de nossa autoria, quando solicitamos que, nos momentos de seca, nos momentos de incêndio, que o Conselho Nacional da Amazônia Legal possa estar olhando também e unindo esforços e colocando toda a estrutura do Conselho também à disposição que o Pantanal. REP: A Comissão Externa do Pantanal vai funcionar durante 90 dias após a indicação de quatro senadores. Da Rádio Senado, Hérica Christian. Requerimento 2187/2020

O Senado criou uma comissão temporária externa para acompanhar os desdobramentos dos incêndios no bioma Pantanal. Quatro senadores se reunirão com representantes da sociedade civil e dos governos locais. O autor da iniciativa, senador Wellington Fagundes (PL-MT), defendeu a votação do Estatuto do Pantanal para o desenvolvimento sustentável da região. Ao apoiar a criação da Comissão, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) voltou a pedir ajuda do governo federal. O colegiado será instalado após a indicação de quatro senadores que terão 90 dias para os trabalhos. As informações são da repórter Hérica Christian.

TÓPICOS:
Amazônia  Defesa Civil  Desenvolvimento  Desmatamento  Economia  Fiscalização  Mato Grosso  Mato Grosso do Sul  MDB  Meio Ambiente  ONGs  Podemos  Seca  Senador Wellington Fagundes  Senadora Simone Tebet  Sociedade Civil 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo