MP 870

Senadores se mobilizam para devolver Coaf para Ministério da Justiça

02:02Senadores se mobilizam para devolver Coaf para Ministério da Justiça

Transcrição LOC: SENADORES SE MOBILIZAM PARA DEVOLVER O COAF PARA O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DURANTE VOTAÇÃO DE MEDIDA PROVISÓRIA NA PRÓXIMA SEMANA. LOC: PRESIDENTE DO SENADO ALERTA QUE DEPUTADOS NÃO TERÃO TEMPO DE REVER A MUDANÇA, O QUE PODERÁ RESULTAR NA PERDA DA MP. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN. (Repórter) O líder do PSL, senador Major Olimpio, de São Paulo, disse ter o apoio para tentar manter o Coaf – Conselho de Controle de Atividades Financeiras – no Ministério da Justiça. Durante votação da Medida Provisória 870, que reduziu o número de ministérios, os deputados “devolveram” o Coaf para o Ministério da Economia. Major Olimpio afirmou que longe do Ministério da Justiça, o Coaf deixará de ser um braço direito no combate à corrupção ao destacar que o Conselho monitora as movimentações financeiras suspeitas. (Major Olimpio) Porque o Coaf mais aparelhado e com um direcionamento melhor, ele vai andar assim, ele vai rastrear a lavagem de dinheiro, o crime organizado, o dinheiro das milícias, o dinheiro das facções criminosas, o dinheiro do criminoso político, principalmente. Por isso que foi arrancado. (Repórter) O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, do Democratas do Amapá, afirmou que o Plenário é soberano. Mas alertou que se os senadores devolverem o Coaf para o Ministério da Justiça, a medida provisória voltará para a Câmara dos Deputados com o risco de não ser votada antes do dia 3 junho, quando perderá a validade. (Davi Alcolumbre) Eu estou preocupado com o tempo. Eu acho que vai estar num tempo muito curto em relação à estruturação da Medida Provisória, que é da estruturação do esta. E a gente acaba correndo o risco de, a partir de um destaque em relação a qualquer item da Medida Provisória, a gente possa cometer uma injustiça com o governo, que tem a legitimidade de fazer a sua estrutura da forma que veio escrito na redação. (Repórter) Outra mudança feita pelos deputados na MP 870, e que deverá ser mantida pelo Senado, foi a retirada da Funai do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos para o Ministério da Justiça, que também voltará a ser responsável pela demarcação de terras indígenas, até então a cargo do Ministério da Agricultura. MP 870/2019

O líder do PSL, senador Major Olimpio (SP), disse ter o apoio para tentar manter o Coaf – Conselho de Controle de Atividades Financeiras – no Ministério da Justiça. Durante votação da Medida Provisória 870, que reduziu o número de ministérios, os deputados “devolveram” o Coaf para o Ministério da Economia. Ao comentar a mudança, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), alertou que a MP voltará para a Câmara dos Deputados com o risco de não perder a validade. A reportagem é da repórter da Rádio Senado, Hérica Christian.

TÓPICOS:
Agricultura  Amapá  Câmara dos Deputados  Corrupção  Davi Alcolumbre  Direitos Humanos  Economia  Família  Funai  Indígenas  Justiça  Lavagem de Dinheiro  Medida Provisória  Ministério da Justiça  PSL  São Paulo  Senador Davi Alcolumbre  Senador Major Olimpio  DEM 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11