Eleições 2020

Senadores devem se reunir com Barroso para discutir calendário eleitoral

02:07Senadores devem se reunir com Barroso para discutir calendário eleitoral

Transcrição LOC: SENADORES DEVEM SE REUNIR COM NOVO PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL NESTA SEXTA-FEIRA. LOC: LÍDERES PARTIDÁRIOS DECIDEM DISCUTIR ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES SOMENTE NO FINAL DE JUNHO. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN TÉC: Acompanhada do presidente do Senado, Davi Alcolumbre, do Democratas do Amapá, uma comitiva de senadores deverá se encontrar na sexta-feira com o novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso. O líder do PDT, senador Weverton, do Maranhão, explicou que nesta visita será discutida a situação das eleições de outubro diante da pandemia do coronavírus. Mas esclareceu que as lideranças partidárias do Senado decidiram tratar da prorrogação do pleito somente no final de junho, diante de dados mais concretos sobre os casos de coronavírus no País. (Weverton_eleição) Essa comissão, que vai junto com o presidente Davi Acolumbre, sentará com o presidente Barroso para conversar sobre as eleições. No colégio de líderes do Senado ficou decidido também sobre as eleições que até o dia 30 de junho nós não iremos decidir nada. Vamos esperar ver os efeitos dessa pandemia, da curva dessa pandemia no Brasil, para daí se tomar uma decisão. Então, até lá, não tem nada definido. REP: Autor de uma Proposta de Emenda à Constituição, o senador Wellington Fagundes, do PL de Mato Grosso, defende a prorrogação das eleições de outubro para prefeitos e vereadores até como uma forma de se economizar recursos públicos em meio aos gastos com o coronavírus. (Wellington) Nesse momento, gastar R$ 2 bilhões com o Fundo Eleitoral, fundo público, mais R$ 4 bilhões de recurso público com o custo da Justiça Eleitoral, somando R$ 6 bilhões, a população não aceita. Porque esse momento é momento de salvar vidas, de cuidar daqueles que mais necessitam. E mesmo após a pandemia, nós temos que cuidar também da retomada econômica do Brasil, a geração de empregos, que é fundamental. REP: A proposta de mudança à Constituição prorroga os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores para 2022, ano das eleições gerais para a coincidência dos pleitos. Da Rádio Senado, Hérica Christian.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e uma comitiva de senadores devem se encontrar nesta sexta-feira com o novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luís Roberto Barroso, para discutir as eleições de outubro. Segundo o líder do PDT, senador Weverton (MA), uma decisão sobre o adiamento do pleito de prefeitos e vereadores só deverá ser tomada no final de junho. Mas o senador Wellington Fagundes (PL-MT) defende a prorrogação dos atuais mandatos para a unificação das eleições em 2022 também como forma de economizar recursos. As informações são da repórter Hérica Christian.

PEC 19/2020

TÓPICOS:
Amapá  Constituição  Coronavírus  Davi Alcolumbre  DEM  Eleições  Justiça  Justiça Eleitoral  Lideranças  Maranhão  Mato Grosso  pandemia  PDT  Proposta de Emenda à Constituição  Roberto Barroso  Senador Davi Alcolumbre  Senador Wellington Fagundes  Tribunal Superior Eleitoral  TSE 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo