Fundação Palmares

Senadores criticam retirada de Marina Silva de lista da Fundação Palmares

02:05Senadores criticam retirada de Marina Silva de lista da Fundação Palmares

Transcrição LOC: SENADORES CRITICAM ATO DO PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO PALMARES QUE RETIROU O NOME DE MARINA SILVA DA LISTA DE PERSONALIDADES NEGRAS DA INSTITUIÇÃO. LOC: ELIZIANE GAMA QUER BUSCAR MEIOS LEGAIS PARA REVERTER A DECISÃO. MAIS INFORMAÇÕES COM O REPÓRTER RODRIGO RESENDE: (Repórter) A Fundação Palmares é uma “instituição pública voltada para promoção e preservação dos valores culturais, históricos, sociais e econômicos decorrentes da influência negra na formação da sociedade brasileira”, de acordo com o site da própria instituição. O atual presidente da Fundação, Sérgio Camargo, anunciou nas redes sociais a retirada do nome de diversas pessoas da lista de personalidades negras da instituição, um deles, o da ex-senadora Marina Silva. De acordo com Sérgio Camargo, “Marina não tem contribuição relevante para a população negra do Brasil e autodeclara-se negra por conveniência política”. A medida repercutiu entre os senadores. Eliziane Gama, do Cidadania do Maranhão, afirmou que buscará caminhos legais para que essa decisão seja revertida. (Eliziane Gama) Nós vamos trabalhar e buscar no regimento do Senado Federal, na legislação brasileira, todos os mecanismos que forem necessários para impedir que uma decisão dessa estapafúrdia, uma decisão dessa inaceitável e que pra mim, pessoalmente, me trouxe muita revolta. Nossa luta será para que o nome de Marina e de todas as personalidades que foram excluídas retornem ao rol muito importante da história brasileira. (Repórter) Para o senador Paulo Paim, do PT do Rio Grande do Sul, o objetivo de ações como essa é apagar a história do povo negro. (Paulo Paim) Marina Silva, um dos símbolos da defesa do meio ambiente como foi Chico Mendes. Por que? Por que tentam apagar os nomes de nossas heroínas e heróis do povo negro? Terão que explicar. Por que a verdadeira história do povo negro, de lei que já existe de muitos e muitos anos no Brasil, não é efetivamente aplicada na sala de aula? (Repórter) A ex-senadora Marina Silva também foi ministra do Meio Ambiente entre 2003 e 2008 e, por três vezes, candidata à presidência da República, em 2010, 2014 e 2018.

Senadores criticaram decisão do presidente da Fundação Palmares de retirar o nome de Marina Silva da lista de personalidades negras da instituição. A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) afirmou que buscará meios legais para reverter a decisão. Para Paulo Paim (PT-RS), o objetivo de medidas como essa é apagar a história do povo negro. Mais informações com o repórter Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Cidadania  História  Maranhão  Meio Ambiente  Presidência da República  PT  Redes Sociais  Rio Grande do Sul  Senado Federal  Senador Paulo Paim  Senadora Eliziane Gama 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo