Estado de emergência

Senadores comentam ações para conter estragos devido às fortes chuvas em MG e ES

02:00Senadores comentam ações para conter estragos devido às fortes chuvas em MG e ES

Transcrição LOC: SUBIU PARA CENTO E UMA AS CIDADES EM SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA EM MINAS GERAIS POR CONTA DAS CHUVAS. A DEFESA CIVIL JÁ CONFIRMOU 45 MORTES E 18 PESSOAS AINDA ESTÃO DESAPARECIDAS. LOC: O GOVERNO FEDERAL VAI LIBERAR 90 MILHÕES DE REAIS PARA CONTER OS ESTRAGOS CAUSADOS PELOS TEMPORAIS, QUE TAMBÉM ATINGEM O ESPÍRITO SANTO. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA (Repórter) O Governo de Minas Gerais decretou situação de emergência em 101 cidades afetadas pelas chuvas. A medida vai valer por 180 dias e dá prioridade às ações de recuperação dos estragos causados pelos temporais e para a assistência da população. O reconhecimento da situação emergencial também dispensa o processo licitatório para serviços temporários considerados essenciais. O Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, anunciou que irá disponibilizar 90 milhões de reais para socorrer as famílias e reconstruir as áreas danificadas. Os prefeitos das cidades atingidas têm até quinta-feira para fazer um levantamento de danos, como ressaltou o senador Carlos Viana, do PSD mineiro. (Carlos Viana) É insuficiente, nós sabemos. Mas já é um alento para que a gente possa retomar a vida normal principalmente em Minas Gerais. A chuva vem diminuindo, a tendência é que se mantenha até o final do mês, mas em volumes menores. Mas a terra molhada ainda o volume dos rios preocupa, portanto até quinta nós acreditamos que as prefeituras possam apresentar esses projetos já para as obras em fevereiro. (Repórter) Viana, também lembrou que o Governo vai antecipar o pagamento do Bolsa Família e do FGTS para as vítimas. (Carlos Viana) Essas ações, que nós temos já previstas em lei, são muito bem-vindas, tanto o bolsa família porque no momento são aquelas que estão nas áreas mais atingidas pelas enchentes e a questão do Fundo de Garantia que pode pelo menos garantir que família recompre parte daquilo que perdeu nessas enchentes. (Repórter) O senador Antônio Anastasia, do PSDB, afirmou em suas redes sociais que tem acompanhado de perto a situação e está em contato permanente com os prefeitos das cidades atingidas. Já o senador Rodrigo Pacheco, do Democratas, manifestou seu pesar pelas vidas perdidas e disse que vai se empenhar junto ao governo federal pela liberação de recursos emergenciais. Da Rádio Senado, Marcella Cunha

O governo de Minas Gerais decretou estado de emergência em 101 cidades atingidas pelas chuvas. O governo federal anunciou que vai liberar R$ 90 milhões para as prefeituras, que têm até quinta-feira (30) para elaborar propostas de recuperação das cidades e de assistência às vítimas. Os três senadores que representam Minas Gerais se manifestaram sobre as enchentes, que já deixaram 45 mortes e 18 desparecidos, de acordo com a Defesa Civil. A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Bolsa Família  Cidades  Defesa Civil  Desenvolvimento  Desenvolvimento Regional  Espírito Santo  Família  FGTS  Menores  Minas Gerais  PSD  PSDB  Redes Sociais  Regional  Senador Carlos Viana  Senador Rodrigo Pacheco  Senador Antonio Anastasia  enchentes  chuvas 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo