Educação

No Dia dos Profissionais de Educação, senadores cobram mais recursos para o ensino

02:55No Dia dos Profissionais de Educação, senadores cobram mais recursos para o ensino

Transcrição LOC: NESTA QUINTA-FEIRA É COMEMORADO O DIA NACIONAL DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO. LOC: SENADORES COMENTAM OS PRINCIPAIS DESAFIOS DO SETOR E DEFENDEM MAIS RECURSOS PARA MINIMIZAR OS IMPACTOS DA PANDEMIA. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA TÉC: Seis de agosto é o Dia Nacional dos Profissionais de Educação. Além dos professores, também se incluem na categoria diretores de escola, bibliotecários, pedagogos e supervisores de ensino. Todos eles foram duramente afetados pela pandemia, que desde março suspendeu as aulas presenciais em todo o país, como lembrou o presidente da Comissão de Educação, senador Dário Berger, do MDB de Santa Catarina. (Dário) Em maior ou menor grau, todas essas profissões precisaram se reinventar diante da pandemia. Com o sistema de educação à distância, muitos tiveram que comprar novos computadores, aumentar a conexão com a internet, tudo para não deixar que os estudantes saíssem prejudicados. Os profissionais de educação são verdadeiros heróis. (REP) Já o senador Oriovisto Guimarães, do Podemos do Paraná, destacou a ausência do convívio dos alunos com os profissionais de educação como um dos prejuízos causados pelo isolamento social. E elogiou a forma como eles se adaptaram em relação ao ensino à distância. (Oriovisto) Estão tendo que se reinventar. Fazer à distância o que deveria ser feito presencialmente. Estão tendo que suprir com sua inteligência, sabedoria, a falta do contato olhos nos olhos com alunos. Eles fazem falta sim, fazem muita falta e talvez as famílias hoje entendam isso mais do que nunca. (REP) Para o senador Izalci Lucas, do PSDB do Distrito Federal, é preciso agir para vencer os principais desafios da educação: a falta de investimentos e a má remuneração e qualificação desses profissionais. (Izalci) Precisa agora colocar como prioridade a votação de projetos na linha de colocar mais recursos. Nós temos que sair da fase do discurso e ir para a fase do recursos, mais tecnologia, levantar a autoestima dos professores, banda larga nas escolas, agora com a pandemia a gente percebeu a dificuldade dos nossos alunos terem acesso à internet. Então é o desafio é grande. (REP) O presidente da Comissão de Educação, Dário Berger, também apontou como principais dificuldades o baixo salário, a falta de infraestrutura nas escolas e de investimento na formação profissional. Dário Berger defende uma pauta de valorização desses profissionais. (Dário) A aprovação o Fundeb, a fiscalização do cumprimento do piso salarial e a busca por mais recursos para as escolas brasileiras deve ser o nosso norte de atuação para aí sim podermos comemorar com orgulho o dia dos profissionais da educação. (REP) A proposta de Emenda à Constituição que torna o Fundeb permanente será votada no Senado ainda em agosto. O projeto, que tem relatoria do senador Flávio Arns, da Rede Sustentabilidade do Paraná, aumenta a participação da União na manutenção do fundo de 10 para 23%. Da Rádio Senado, Marcella Cunha

No Dia Nacional dos Profissionais de Educação (6), o presidente da Comissão de Educação, senador Dário Berger (MDB-SC), defendeu a PEC que torna permanente o Fundeb e aumenta a participação da União. O senador Oriovisto Guimarães (PODE-PR) parabenizou esses profissionais por estarem se reinventando para se adaptar ao ensino a distância. Izalci Lucas (PSDB-DF) pediu mais recursos para a modernização do setor. A reportagem é de Marcella Cunha.

PEC 26 de 2020

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo