Covid-19

Senadores aprovam suspensão de pagamento de dívidas rurais por 12 meses

02:04Senadores aprovam suspensão de pagamento de dívidas rurais por 12 meses

Transcrição LOC: SENADO APROVA PRORROGAÇÃO DO PAGAMENTO DE DÍVIDAS RURAIS POR DOZE MESES SEM RESTRIÇÃO OU LIMITAÇÃO A NOVOS CRÉDITOS. LOC: O PROJETO, QUE VAI PARA A CÂMARA DOS DEPUTADOS, CONTEMPLA OS AGRICULTORES FAMILIARES E OS FINANCIAMENTOS DA REFORMA AGRÁRIA. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN TÉC: O Plenário do Senado aprovou a prorrogação de dívidas rurais pelo período de doze meses para agricultores familiares prejudicados pelo novo coronavírus. O adiamento da quitação valerá para as modalidades de comercialização, custeio e investimento com vencimento entre primeiro de janeiro e 31 de dezembro deste ano. Serão beneficiados aqueles com contrato individual, grupal ou coletivo do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, o PRONAF, e do Programa Nacional de Crédito Fundiário, voltado para a Reforma Agrária. O autor, senador Mecias de Jesus, do Republicamos de Roraima, argumentou que essa moratória é essencial neste momento de crise econômica. (Mecias) Não poderia faltar agora no momento o apoio ao produtor rural brasileiro. Aquele que está de sol a sol, aquele que trabalha incansavelmente para manter as despesas da sua família. E eles não estão conseguindo recursos para quitar os seus financiamentos e para manter a qualidade de vida mínima que eles proporcionam aos familiares. Portanto, nosso propósito é beneficiar diretamente o agricultor brasileiro porque ele merece o apoio do governo federal e o apoio de toda a sociedade brasileira. REP: O projeto impede os bancos de cobrarem novos juros ou taxas e de restringirem ou limitarem novos financiamentos. O relator, senador Zequinha Marinho, do PSC do Pará, ressaltou que a proposta não é uma anistia. (Zequinha) Não se trata de renúncia, de perdão de dívida, absolutamente, apenas uma prorrogação por um ano para que os empreendedores do setor do agronegócio ao restabelecerem seus negócios seus contratos comerciais, seu trabalho possam voltar a pagar e não cair todo mundo na inadimplência, nem tão pouco serem todos protestados em cartório. A rede bancária, como todo mundo sabe, é muito rígida. REP: O projeto segue para votação na Câmara dos Deputados. Da Rádio Senado, Hérica Christian.

O Senado aprovou a prorrogação por doze meses do pagamento das dívidas de agricultores familiares e de crédito fundiário. A moratória valerá para os financiamentos feitos entre janeiro e dezembro deste ano. O autor, senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR), destacou que os produtores rurais também tiveram suas atividades impactadas pelo novo coronavírus. O relator, senador Zequinha Marinho (PSC-PA), disse que não se trata de anistia, mas de prorrogação das dívidas. A proposta segue para a Câmara dos Deputados. As informações são da repórter Hérica Christian, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Agricultura  Agricultura familiar  Agronegócio  Bancos  Câmara dos Deputados  Coronavírus  Crédito  Crise econômica  Família  Inadimplência  Juros  Pará  Plenário do Senado  PSC  Qualidade de Vida  Rede  Reforma Agrária  Roraima  Senador Mecias de Jesus  Senador Zequinha Marinho  Trabalho  covid-19 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo