Impostos

Senador cobra reajuste na tabela do Imposto de renda

01:49Senador cobra reajuste na tabela do Imposto de renda

Transcrição LOC: A FALTA DE CORREÇÃO NA TABELA DO IMPOSTO DE RENDA AUMENTA A CARGA TRIBUTÁRIA E PREJUDICA OS TRABALHADORES MAIS POBRES. LOC: A AVALIAÇÃO FOI FEITA PELO SENADOR REGUFFE, DO DISTRITO FEDERAL, QUE COBROU DO GOVERNO A REVISÃO DOS LIMITES DE ISENÇÃO. REPÓRTER GEORGE CARDIM. (Repórter) O senador Reguffe, do Distrito Federal, cobrou do governo a correção dos limites de isenção da tabela do Imposto de Renda. Uma pesquisa do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal revela uma defasagem de mais de 95 por cento desde 1996. Segundo o levantamento, só deveriam receber a mordida do Leão os trabalhadores que ganham mais de 3689 reais. Atualmente, a isenção beneficia quem recebe até 1.903 reais. Se corrigido, o limite dos gastos com educação quase dobraria de 3.739 reais para 6.961 reais. Reguffe lembrou que um projeto de sua autoria obriga a revisão anual da tabela, com base na inflação do ano anterior acrescido de um por cento, para reverter gradualmente a diferença. O senador argumentou que a falta de correção nos últimos anos aumentou a carga tributária e prejudicou os mais pobres. (Reguffe) “Ele aumenta indiretamente a carga tributária real para a população, fazendo a população pagar mais impostos do que deveria estar pagando. Pegando aí os dois Governos Fernando Henrique, os dois Governos Lula, o Governo Dilma e o Governo Michel Temer, é uma defasagem de 95,46%. E não é correto corroer os salários das pessoas. (Repórter) O projeto de Reguffe está em discussão na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. PLS 355/2015

O senador Reguffe (Sem partido-DF) cobrou do governo a correção dos limites de isenção da tabela do Imposto de Renda. Uma pesquisa do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal revela uma defasagem na tabela de mais de 95% desde 1996. Segundo o levantamento, só deveriam receber a mordida do Leão os trabalhadores que ganham mais de R$ 3.689. Atualmente, estão isentos quem recebe até R$ 1.903.

TÓPICOS:
Carga Tributária  Comissão de Assuntos Econômicos  Distrito Federal  Educação  Imposto de Renda  Inflação  Lula  Michel Temer  Receita Federal  Senador Reguffe  Tabela do Imposto de Renda 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo