Coronavírus

Senado vota auxílio de R$ 600 para informais nesta segunda-feira

02:11Senado vota auxílio de R$ 600 para informais nesta segunda-feira

Transcrição LOC: O SENADO VOTA NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA A PROPOSTA QUE GARANTE SEISCENTOS REAIS PARA O TRABALHADOR INFORMAL DURANTE A CRISE DO CORONAVÍRUS. O TEXTO FOI APROVADO PELA CÂMARA NA QUINTA-FEIRA, MAS AINDA NÃO CHEGOU AO SENADO. LOC: SE APROVADA, A MEDIDA VAI GARANTIR O AUXÍLIO POR TRÊS MESES, PARA ATÉ DUAS PESSOAS DA MESMA FAMÍLIA. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA: (Repórter) O projeto aprovado pelos deputados ainda não chegou ao Senado. Mesmo assim, já foi pautado para votação nesta segunda-feira, por conta da urgência da matéria. A proposta criar um auxílio de 600 reais durante três meses para os autônomos durante a crise do coronavírus. A medida vale para pessoas com mais de 18 anos que não recebam benefício previdenciário ou assistencial, que não seja o Bolsa Família. Se a família tiver dois trabalhadores informais ou for chefiada por uma mulher poderá receber dois auxílios, totalizando mil e duzentos reais. A proposta inicial do Executivo era de 200 reais, mas houve um acordo com os parlamentares para aumentar o valor. O vice-líder do Governo, senador Chico Rodrigues, do Democratas de Roraima, disse que o socorro à população neste momento de crise cabe ao Executivo federal. (Chico) A iniciativa da Câmara, do Senado e do Governo Federal está chegando em boa hora. Até porque nós entendemos que em um momento de dificuldades que a população está vivendo, quem tem que socorrer é o Governo. E aí essa medida será editada o mais rápido possível, então o momento é de solidariedade e o Governo Federal não está medindo esforços para que a sociedade sinta o menos possível os efeitos dessa crise do coronavírus. (Repórter) Já a senadora Eliziane Gama, do Cidadania do Maranhão, ressaltou que a rápida aprovação da medida pela Câmara é a demonstração de que o Congresso Nacional está fazendo a sua parte. (Eliziane Gama) Seiscentos reais é um valor mínimo ainda para a pessoa realmente sobreviver, ter o básico, ter a subsistência diária. Mas é muito melhor que os 200 reais lá atrás proposto pelo Governo. Mas é bom que se registre que essa foi uma ação feita e provocada pelo Congresso Nacional. (Repórter) Eliziane pediu, ainda, rapidez na deliberação para que o dinheiro chegue logo às famílias desassistidas. Segundo a Instituição Fiscal Independente, o impacto para a União será de 43 bilhões de reais. Da Rádio Senado, Marcella Cunha.

O Senado vai votar na próxima segunda-feira (30) o projeto de lei que garante um auxílio de R$ 600 para trabalhadores informais durante três meses para amenizar os efeitos da crise do coronavírus. O vice-líder do Governo, Chico Rodrigues (DEM-RR), disse que cabe ao Executivo Federal o socorro à população neste momento. Já a senadora Eliziane Gama (CIDADANIA-MA) quer agilidade para que o dinheiro chegue logo a quem precisa. O texto, aprovado pela Câmara na quinta-feira (26), ainda não chegou ao Senado e, por isso, os senadores não puderam votá-lo nesta sexta-feira. A reportagem é de Marcella Cunha.

TÓPICOS:
Bolsa Família  Cidadania  Congresso Nacional  Coronavírus  DEM  Família  Instituição Fiscal  Maranhão  Roraima  Senador Chico Rodrigues  Senadora Eliziane Gama  Solidariedade  União 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo