Plenário

Senado terá sessão especial para homenagear Paulo Freire

02:04Senado terá sessão especial para homenagear Paulo Freire

Transcrição LOC: SENADO TERÁ SESSÃO ESPECIAL PARA HOMENAGEAR PAULO FREIRE. LOC: O EDUCADOR PERNAMBUCANO FOI CHAMADO DE ENERGÚMENO PELO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO, O QUE MOTIVOU A HOMENAGEM. AS INFORMAÇÕES COM O REPÓRTER RODRIGO RESENDE: TÉC: Paulo Freire será homenageado com uma sessão especial em 04 de maio de 2020, mês em que sua morte completará 23 anos. A homenagem aprovada pelo plenário do Senado foi proposta pelo senador Weverton, do PDT do Maranhão, e acontecerá após o Presidente da República, Jair Bolsonaro, se referir ao educador Pernambucano como “energúmeno”. Para Weverton, homenagear Freire a qualquer tempo é prestar reverência à uma grande figura da história brasileira: Weverton - Homenagear Paulo Freire é reconhecer a própria história do Brasil. Um homem que, em 1963, em Angicos, no Rio Grande do Norte, alfabetizou 300 pessoas e logo no ano seguinte chega a Brasília, onde coordenava o plano de alfabetização do Presidente Goulart, e é surpreendido com aquele golpe que o deixou 70 dias preso, depois vai pro exílio. (REP) O senador Fabiano Contarato, da Rede Sustentabilidade do Espírito Santo, lamentou as palavras de Jair Bolsonaro sobre Paulo Freire e citou obras do professor responsável pela criação de um novo método de alfabetização: (Contarato) E, lamentavelmente, o Presidente da República o chamou de energúmeno. Paulo Freire nos faz pensar, ele nos ensina a pensar. Eu queria sugerir ao Presidente da República que procedesse à leitura de algumas obras de Paulo Freire, como Educação como Prática e Liberdade, Pedagogia do Oprimido, Pedagogia da Autonomia, Pedagogia da Indignação. (REP) O senador Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá, lembrou que Paulo Freire é um dos brasileiros com maior reconhecimento internacional: (Randolfe) E quem é Paulo Freire? É o brasileiro mais homenageado de todos os tempos, com 35 prêmios honoris causa em 35 universidades pelo mundo. Não é o Brasil que reconhece Paulo Freire, Senhor Presidente da República, é o mundo. (REP) Além de Weverton e Randolfe, assinaram o requerimento para a homenagem os senadores Lasier Martins, do Podemos do Rio Grande do Sul, Eduardo Gomes, do MDB do Tocantins, Esperidião Amin, do PP de Santa Catarina e Veneziano Vital do Rêgo, do PSB da Paraíba. Da Rádio Senado, Rodrigo Resende. PROJETO: REQ 1129/2019

O Senado terá uma Sessão Especial em homenagem a Paulo Freire em maio de 2020. A aprovação do requerimento aconteceu depois do Presidente da República chamar o educador pernambucano de energúmeno. Para o senador Weverton (PDT-MA), Paulo Freire é um exemplo de brasileiro que lutou pela educação e pela inclusão dos menos favorecidos. Mais informações com o repórter Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Amapá  Bolsonaro  Brasília  Educação  Espírito Santo  História  Homenagem  Maranhão  MDB  Paraíba  PDT  Pedagogia  Plenário do Senado  Podemos  PP  Presidente da República  PSB  Rede  Rede Sustentabilidade  Rio Grande do Norte  Rio Grande do Sul  Santa Catarina  Senador Eduardo Gomes  Senador Esperidião Amin  Senador Fabiano Contarato  Senador Lasier Martins  Senador Randolfe Rodrigues  Senador Veneziano Vital do Rêgo  Senador Vital do Rêgo  Sustentabilidade  Tocantins 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo