Rodovias

Senado pode votar na próxima semana a modernização de pedágios

O Senado pode votar na próxima semana a modernização do sistema de pedágios (PLC 8/2013), com cobrança proporcional ao uso. Entre as novidades está o pagamento proporcional aos quilômetros rodados, o fim das praças de cobrança e a identificação eletrônica dos veículos. A proposta permite ainda que o dinheiro arrecadado com multas aplicadas a quem fura os pedágios seja usado para repor prejuízos das concessionárias. A reportagem é de Roberto Fragoso, da Rádio Senado.

17/09/2020, 21h08 - ATUALIZADO EM 17/09/2020, 21h08
Duração de áudio: 01:40
Praça de pedágio.
Foto: Foto: Divulgação/EGR

Transcrição
LOC: O SENADO PODE VOTAR NA PRÓXIMA SEMANA A MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE PEDÁGIOS. LOC: ENTRE AS NOVIDADES ESTÁ O PAGAMENTO PROPORCIONAL AOS QUILÔMETROS RODADOS, O FIM DAS PRAÇAS DE COBRANÇA E A IDENTIFICAÇÃO ELETRÔNICA DOS VEÍCULOS. REPÓRTER ROBERTO FRAGOSO. TÉC: Passagem livre. Esse é o nome do sistema que deve ser adotado no lugar das praças de pedágio, que formam fila e cobram valores fixos para motoristas que usam trechos grandes e pequenos das rodovias. Com a modernização, será possível identificar eletronicamente os veículos e os quilômetros percorridos, e assim cobrar proporcionalmente ao uso, de forma mais justa. O senador Esperidião Amin, do PP de Santa Catarina, que apresentou a proposta quando era deputado federal, explicou que o objetivo inicial era corrigir a distorção que prejudica moradores de municípios onde são instaladas as praças de pedágio. (Espiridião Amin) Se você mora a 5 quilômetros da praça de pedágio e vai a 5 quilômetros além da praça de pedágio, por 10 quilômetros de rodovia você paga uma tarifa cheia. Se você, de outro lado, mora 5 quilômetros depois da praça de pedágio e usa 50 quilômetros da rodovia, você tem franquia. Então, este projeto de lei tem este objetivo de sinalizar um novo modelo de cobrança de utilização de rodovias concedidas. (Repórter) No entanto, como se trata de uma proposta antiga, que é analisada na Câmara desde 2007, o relator Jayme Campos aproveitou a oportunidade para atualizar todo o modelo de cobrança de pedágios. (Jayme Campos) É um projeto extremamente exitoso que, sem sombra de dúvida, vai fazer justiça particularmente quando você pagará pelo É um projeto extremamente exitoso e, sem sobra de dúvida, vai fazer justiça, particularmente, quando se pagar pelo quilômetro rodado, através da valorização, da informatização, naturalmente, das nossas rodovias; e, particularmente, fazer justiça às pessoas, às famílias que moram onde são estabelecidas as praças de pedágio, nesses Municípios e nessas rodovias federais. (Repórter) O senador do Democratas de Mato Grosso muda ainda o Código de Trânsito para permitir que o dinheiro arrecadado com multas aplicadas a quem fura os pedágios seja usado para repor prejuízos das concessionárias em caso de desequilíbrio econômico e financeiro. Da Rádio Senado, Roberto Fragoso. PLC 8/2013

Ao vivo
00:0000:00