Sessão especial

Senado celebra o Dia Mundial do Rim

02:25Senado celebra o Dia Mundial do Rim

Transcrição LOC: O DIA MUNDIAL DO RIM FOI CELEBRADO EM SESSÃO ESPECIAL NO SENADO NESTA QUINTA-FEIRA. A DATA TEM O OBJETIVO DE PROMOVER A CONSCIENTIZAÇÃO E O DEBATE SOBRE A SAÚDE RENAL LOC: ESPECIALISTAS ALERTAM PARA A IMPORTÂNCIA DO EXAME DE URINA E DOSAGEM DA CREATINA PARA A PREVENÇÃO. A REPORTAGEM É DE LARA KINUE. (Repórter)) O Dia Mundial do Rim é celebrado anualmente na primeira quinzena do mês de março. Neste ano, a data está sendo comemorada no dia 12. Com o tema “Ame seus Rins. Dose sua Creatinina”, a Sociedade Brasileira de Nefrologia promoveu campanhas pelo país para ressaltar a importância da saúde renal e a necessidade de prevenção. No Senado, foi realizada uma Sessão Especial, a pedido do senador Luiz do Carmo, do MDB de Goiás, que apresentou alguns dos dados que motivaram o requerimento. (Luiz do Carmo) Estudo aponta que uma em cada dez pessoas adultas no mundo que tem doença renal. Anualmente, milhões de pessoas morrem devido a complicações relacionadas a doença renal crônica. No Brasil existe atualmente mais de 173 mil pacientes que fazem hemodiálise. O intuito dessa sessão especial é mostrar a sociedade, de maneira informativa, educativa, sobre os fatores de risco para doença renal crônica, visando estimular o cuidado com a saúde do rim. (REP) O Presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia, Marcelo Mazza, destacou que a campanha visa promover a prevenção das doenças renais por meio dos exames de rotina e alertar para a importância do diagnóstico precoce (Marcelo Mazza) É muito importante que tenhamos estratégias de prevenção. O que nos remete a morte dessa campanha do Brasil desse ano, que tem na dosagem da creatinina e análise de urina, um exame simples, barato, disponibilizado na rede pública e que pode detectar alterações mais precoces em relação a função renal, fazendo um diagnóstico precoce e podendo estabelecer medidas com que a doença não evolua. (Repórter) Já o presidente da Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplante, Yussif Ali Júnior, pediu atenção do governo para os recursos destinados à hemodiálise. (Yussif Ali Júnior) Nós precisamos cada vez mais estarmos atentos a tudo o que tá acontecendo dentro do nosso setor para mostrar para as nossas autoridades o que nós precisamos. Nós precisamos de atenção, precisamos dessa recomposição financeira do reembolso da hemodiálise para que a gente consiga melhorar o nosso tratamento, para que a gente consiga investir em tecnologia para melhor atender os nossos pacientes. (Repórter) A OMS classifica as doenças crônicas dos rins como um problema de saúde pública mundial, atingindo cerca de 850 milhões de pessoas. No Brasil, estima-se que 10% da população sofra com essas doenças.

Uma sessão especial do Senado celebrou, nesta quinta-feira (12) o Dia Mundial do Rim. A data promove a conscientização e o debate sobre a importância da saúde renal e a necessidade de prevenção. A reunião foi solicitada pelo senador Luiz do Carmo (MDB-GO) e recebeu apoio de outros diversos parlamentares. Ele lembrou que milhões de pessoas morrem devido a complicações relacionadas à doença renal crônica. No Brasil, mais de 173 mil fazem hemodiálise. A reportagem é de Lara Kinue.

TÓPICOS:
Goiás  MDB  Nefrologia  Rede  Saúde  Saúde Pública  Senador Luiz do Carmo  Tecnologia  Transplante 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo