Senado homenageia 69 anos do Senac

LOC: O SENADO PRESTOU HOJE UMA HOMENAGEM AO SENAC PELO ANIVERSÁRIO DE 69 ANOS. 

LOC: OS PARLAMENTARES DESTACARAM A CONTRIBUIÇÃO DA INSTITUIÇÃO NA FORMAÇÃO PROFISSIONAL, CRIAÇÃO DE EMPREGOS E COMPETITIVIDADE DO PAÍS. REPÓRTER ROBERTO FRAGOSO. 

TÉC: O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial foi criado em 10 de janeiro de 1946, a pedido da Confederação Nacional do Comércio. Conhecido como um dos melhores exemplos de parceria entre o Poder Público e a iniciativa privada, o Senac é financiado por contribuições sobre a folha de pagamento das empresas e atua na formação educacional e profissional dos trabalhadores. O senador Paulo Paim, do PT do Rio Grande do Sul, destacou a importância do Senac e de todo o sistema S, lembrando que ele mesmo foi aluno do Senai, voltado à aprendizagem industrial. Paim lembrou que hoje o Senac está presente em todo o território nacional. 

(Paulo Paim) O Senac nessas quase sete décadas de existência acumulou mais de 55 milhões de atendimentos prestados a trabalhadores e a empresários, de forma presencial ou à distância em todas as regiões. O Senac atende a 3.061 municípios, conta com 625 unidades operativas, incluindo unidades móveis. 81 carretas escolas, e tem até balsa escola. 

(Repórter) Jorge Viana, do PT do Acre, que presidiu a sessão, disse que a capacitação profissional é o caminho para melhorar a competitividade das empresas brasileiras, além de gerar mais empregos. 

(Jorge Viana) No momento em que grande parte dos economistas acusam a baixa produtividade do trabalhador brasileiro como um dos principais fatores que estorvam o crescimento da nossa economia, seria necessário ressaltar a importância dessa instituição. O que causa a baixa produtividade? Basicamente Duas coisas. Número de máquinas e qualidade da tecnologia insuficientes e formação educacional e profissional deficiente do trabalhador. 

(Repórter) Os senadores lembraram, ainda, que o Senac atua também em ações do Pronatec, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, do Governo Federal. Paim lamentou que tenham havido atrasos na liberação de recursos do Pronatec, relativos ao pagamento de professores que trabalham em escolas particulares, e que vai continuar cobrando o pagamento. 
23/02/2015, 01h25 - ATUALIZADO EM 23/02/2015, 01h25
Duração de áudio: 01:58
Ao vivo
00:0000:00