Só falta sanção

Salinas será capital da cachaça, e Farroupilha do moscatel

01:34Salinas será capital da cachaça, e Farroupilha do moscatel

Transcrição LOC: O MUNICÍPÍO DE SALINAS, EM MINAS GERAIS, DEVE GANHAR O TÍTULO DE CAPITAL NACIONAL DA CACHAÇA. É O QUE ESTABELECE UM PROJETO APROVADO NESTA QUINTA-FEIRA PELO PLENÁRIO DO SENADO. LOC: OUTRA PROPOSTA QUE SEGUE PARA O PLENÁRIO DO SENADO CONFERE À CIDADE DE FARROUPILHA, NO RIO GRANDE DO SUL, O TÍTULO DE CAPITAL NACIONAL DO MOSCATEL. REPÓRTER GEORGE CARDIM. (Repórter) O projeto aprovado pelo plenário do Senado reconhece o município de Salinas, no norte de Minas Gerais, como a Capital Nacional da Cachaça. O senador Antônio Anastasia, do PSDB mineiro, justificou que a região de Salinas produz cerca de 5 milhões de litros de cachaça por ano e abriga os alambiques de mais de cinquenta marcas de aguardente famosas por sua qualidade. (Antônio Anastasia) “O grande diferencial da aguardente de cana salinense é, no entanto, a sua qualidade, que muito contribuiu para a valorização da bebida no Brasil e no mundo, mudando, inclusive, seus hábitos de consumo” (Repórter) Anastasia também explicou que os produtos da região de Salinas ganharam o selo de indicação geográfica do Instituto Nacional de Propriedade Industrial e lembrou que a cidade organiza desde 2002 o Festival Mundial da Cachaça, além de abrigar o Museu da Cachaça. Outra proposta aprovada pelos senadores confere à cidade de Farroupilha, no Rio Grande do Sul, o título de Capital Nacional do Moscatel. Essa variedade de uva branca adocicada é utilizada na produção de vinhos, espumantes e sucos. O relator, Paulo Paim do PT gaúcho também destacou a tradição e o cultivo da uva moscatel na região produtora de vinhos finos moscatéis, como frisantes. Os textos seguem para sanção presidencial. PLC 93/2018 - Cachaça PLC 83/2018 – Moscatel

O projeto (PLC 93/2018) aprovado pelo plenário do Senado reconhece o município de Salinas, no norte de Minas Gerais, como a Capital Nacional da Cachaça. O relator, senador Antônio Anastasia (PSDB-MG), justificou que a região produz cerca de 5 milhões de litros de cachaça e abriga os alambiques de mais de 50 marcas. Outra proposta aprovada pelos senadores confere à cidade de Farroupilha, no Rio Grande do Sul, o título de Capital Nacional do Moscatel. As duas propostas seguem para sanção presidencial.

TÓPICOS:
Capital da cachaça  capital do moscatel  Farroupilhas  Instituto Nacional de Propriedade Industrial  Minas Gerais  Plenário do Senado  Rio Grande do Sul  Salinas 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo