Plenário

Senado aprova regulamentação da profissão de historiador

02:02Senado aprova regulamentação da profissão de historiador

Transcrição LOC: PLENÁRIO DO SENADO APROVA REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO DE HISTORIADOR. LOC: SEGUNDO O PROJETO, A ATIVIDADE PODERÁ SER EXERCIDA POR PROFESSORES DE HISTÓRIA E POR QUEM ATUA NA ÁREA HÁ MAIS DE CINCO ANOS. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN: TÉC: O projeto estabelece que a profissão de historiador poderá ser exercida por quem tiver diploma universitário do curso de História, mestrado ou doutorado, ou por profissionais de outras áreas que tenham atuado na atividade por mais de cinco anos. Segundo a proposta, os historiadores podem dar aula de História, escrever livros ou biografias ou ainda trabalhar em museus e arquivos. Eles também podem ser consultores e elaborarem laudos sobre temas históricos. Pelo projeto, o registro profissional será concedido pela autoridade trabalhista competente. O senador Paulo Paim, do PT gaúcho, autor de um projeto parecido, destacou a importância da regulamentação da profissão de historiador. (Paim) Eles se formam como professor, como historiador nas universidades, mas não eram reconhecidos. A partir de agora, eles ficam reconhecidos como é o engenheiro, como o advogado, como economista. O reconhecimento é fundamental para valorizar a profissão desses especialistas na área da história. São melhores salários, a credibilidade, o respeito. Não dá para qualquer um dizer que o historiador, o historiador tem que estar preparado para este fim. REP: O senador Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá, que também é historiador, lembrou que há anos a categoria buscava a regulamentação. (Randolfe) Esse projeto, que tramitava há uma década aqui no Congresso Nacional, é uma reivindicação antiga de todos os historiadores pela regulamentação de sua profissão. A partir da sanção desse projeto, a profissão de historiador vai ter a possibilidade de sua regulamentação e da atuação de milhares de profissionais por todo canto desse país. REP: O curso de História reconhecido pelo Ministério da Educação tem duração de 4 anos. A remuneração dos historiadores varia de um salário mínimo a R$ 13 mil no caso de professores universitários. Da Rádio Senado, Hérica Christian SCD 03/2015

O Plenário do Senado aprovou por unanimidade a regulamentação da profissão de historiador. Poderão exercer a atividade formados em História, mestres ou doutores, ou por quem já atua na área há mais de cinco anos. O senador Paulo Paim (PT-RS) afirmou que esse reconhecimento valoriza a profissão. Já o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) lembrou que os historiadores esperavam há décadas pela regulamentação. Aprovado pelo Senado, o projeto segue para a sanção presidencial. As informações são da repórter da Rádio Senado, Hérica Christian.

TÓPICOS:
Amapá  Congresso Nacional  Educação  História  Ministério da Educação  Plenário do Senado  Professores  PT  Rede  Rede Sustentabilidade  Salário Mínimo  Senador Paulo Paim  Senador Randolfe Rodrigues  Sustentabilidade 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo