Covid-19

Senado aprova liberação de créditos extraordinários para enfrentamento da pandemia

02:15Senado aprova liberação de créditos extraordinários para enfrentamento da pandemia

Transcrição LOC: SENADO APROVA DUAS MEDIDAS PROVISÓRIAS QUE LIBERAM CRÉDITOS EXTRAORDINÁRIOS PARA AÇÕES DE ENFRENTAMENTO DA EMERGÊNCIA DE SAÚDE PÚBLICA PROVOCADA PELA PANDEMIA DO CORONAVÍRUS. LOC: OS RECURSOS SERÃO REPASSADOS PARA A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA E PARA OS MINISTÉRIOS DA CIDADANIA, DA EDUCAÇÃO, DA JUSTIÇA, DA MULHER E DA SAÚDE. REPÓRTER RAQUEL TEIXEIRA. TÉC: Um dos projetos libera R$ 639 milhões de reais que serão usados por universidades de todo o país, como as de Mato Grosso do Sul, Pelotas, Ouro Preto, Acre e Brasília, com a finalidade de comprar materiais e produzir equipamentos de proteção individual contra o coronavírus, como respiradores, máscaras e álcool em gel para doação a entidades carentes e hospitais. Também serão destinadas verbas para o Departamento de Polícia Rodoviária Federal investir na aquisição de itens essenciais para salvaguardar a saúde dos funcionários envolvidos em operações de combate a crimes violentos. Enquanto a Funai vai usar o dinheiro para reforçar medidas de bloqueio de territórios indígenas com o objetivo de evitar o contato de povos vulneráveis com o vírus. Durante a votação em plenário, o relator da matéria, senador Jorge Kajuru, do Cidadania de Goiás, afirmou que o governo precisa agir rapidamente para enfrentar as consequências da covid-19. (KAJURU) o crescimento de casos de infecção pela Covid-19 impõe a necessidade de dotar os órgãos de apoio do sistema de saúde brasileiro de capacidade para prevenir, controlar e conter os danos e agravos à saúde pública em decorrência da pandemia global. Rep: A outra proposta libera R$ 2 bilhões 113 milhões de reais para utilização na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, no Fundo Nacional de Saúde e no Fundo Nacional de Assistência Social com programas de controle e contenção de danos relacionados à expansão da doença em território nacional. O senador Marcelo Castro, do MDB do Piauí, apresentou relatório favorável ao texto e explicou que o trabalho do poder público no combate à crise sanitária é urgente. (CASTRO) A urgência é oriunda do quadro apresentado de rápida propagação da doença e a velocidade de resposta do poder executivo é condição necessária para garantir a proteção e a recuperação da saúde da população brasileira, restringindo ao máximo a circulação do vírus e o número de doentes e de óbitos. Rep: As duas MPs, que perderiam a validade nesta quinta-feira, seguem para promulgação da Mesa do Congresso Nacional. Da Rádio Senado, Raquel Teixeira.

O Senado aprovou nesta quinta-feira (30) duas medidas provisórias (MP 941/2020 e MP 942/2020) que liberam créditos extraordinários para ações de enfrentamento da emergência de saúde pública provocada pela pandemia do novo coronavírus. Os recursos serão repassados para a Presidência da República e para os ministérios da Cidadania; da Educação; da Justiça e Segurança Pública; da Mulher, Família e Direitos Humanos; e da Saúde. As informações são da repórter Raquel Teixeira.

TÓPICOS:
Acre  Assistência Social  Brasília  Cidadania  Congresso Nacional  Coronavírus  covid-19  Crédito  Direitos Humanos  Educação  Família  Funai  Fundo Nacional de Saúde  Goiás  Indígenas  Justiça  Mato Grosso  Mato Grosso do Sul  MDB  pandemia  Piauí  Poder Executivo  Polícia Rodoviária Federal  Presidência da República  Saúde  Saúde Pública  Segurança  Segurança Pública  Senador Jorge Kajuru  Senador Marcelo Castro  Trabalho 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo