Covid-19

Seis estados já têm mais mortes por coronavírus no interior do que nas capitais

Uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz mostrou um aumento de 50% nos casos de covid-19 em cidades de até 20 mil habitantes nas últimas duas semanas. Em seis estados, os óbitos no interior já ultrapassam os registrados nas regiões metropolitanas: Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Tocantins, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul. O senador Lasier Martins (Podemos-RS) lembrou que a taxa de mortalidade no Rio Grande do Sul é de 3,1% a cada 100.000 habitantes. A reportagem é de Marcella Cunha.

15/06/2020, 19h33 - ATUALIZADO EM 15/06/2020, 19h45
Duração de áudio: 02:28
Foto: Foto: Ingrid Anne / Fotos Públicas

Transcrição
LOC: OS CASOS DE COVID-19 EM CIDADES PEQUENAS AUMENTARAM 50% NOS ÚLTIMOS QUINZE DIAS, SEGUNDO A FIOCRUZ. LOC: SEIS ESTADOS JÁ REGISTRAM MAIS MORTES NO INTERIOR DO QUE NA REGIÃO METROPOLITANA. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA TÉC: Uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz mostrou que nas duas últimas semanas, houve um aumento de 50% de novos casos de covid-19 nos municípios pequenos, que têm até 20 mil habitantes. A preocupação é que essas cidades possuem menor capacidade dos serviços de saúde, como Unidades de Tratamento Intensivo e respiradores, aumentando ainda mais a busca por atendimento nos centros urbanos. O epidemiologista da Fiocruz, Diego Xavier, explica que a tendência é preocupante porque algumas cidades-polo já trabalhavam no limite do atendimento. (Diego) Como esses municípios maiores já estão com sobrecarga do serviço e isso pode ser agravar devido a medidas de relaxamento não coordenadas, já que a gente não está fazendo teste e não está isolando os casos encontrados e não está mantendo as distâncias, acaba por provocar essas aglomerações, é o momento em que a doença chega com força nos municípios menores. (REP) Diego reforçou a necessidade de ações coordenadas entre os municípios e estados para que a ausência de casos positivos nas cidades pequenas não leve a um relaxamento precipitado das medidas de isolamento. (Diego) Se a gente não tem casos porque não foi feito teste, esses casos acabam migrando para os municípios maiores. E é isso que a gente precisa coordenar nas diferentes esferas do governo para que a gente possa ter uma medida de relaxamento e retomada da economia de uma forma segura. Do contrário a gente vai ter que fazer um retrocesso e voltar às etapas iniciais do processo epidêmico que a gente já passou. (REP) Na região Sul, os três estados já registram mais casos no interior do que na capital: Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. O senador Lasier Martins, do Podemos do Rio Grande do Sul, lembrou, no entanto, que a interiorização dos casos não significa que o estado esteja entre aqueles com maior índice de mortalidade. Ele lembrou que a taxa no Rio Grande do Sul é de 3 mortes a cada 100 mil habitantes, com 350 óbitos até o momento. (Lasier) Nós estamos triste com as perdas, preocupados porque parece que estamos atingindo o pico, mas não vivemos as piores situações do Brasil porque houve muita precaução, houve o distanciamento controlado. (REP) Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Tocantins também registram mais óbitos no interior do que na região metropolitana. Da Rádio Senado, Marcella Cunha

Ao vivo
00:0000:00