Sabatina

Senadores questionam Kassio Marques sobre relação com políticos

02:19Senadores questionam Kassio Marques sobre relação com políticos

Transcrição LOC: OS SENADORES ABORDARAM, DURANTE A SABATINA, QUESTÕES POLÍTICAS QUE ENVOLVEM O NOME DE KÁSSIO NUNES MARQUES. LOC: O DESEMBARGADOR FOI QUESTIONADO SOBRE RELAÇÕES ENTRE POLÍTICOS E JUÍZES. LÍDER DO GOVERNO REFORÇOU AMPLA ACEITAÇÃO DO NOME. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA (Repórter) Os senadores abordaram, durante a sabatina, questões políticas que envolvem o nome de Kassio Nunes Marques. O presidente Jair Bolsonaro chegou a dizer que teria escolhido Kassio por querer um ministro que tivesse afinidade com ele e que os dois seriam “100% alinhados”. O senador Eduardo Girão, do Podemos do Ceará, criticou as declarações do presidente de que o novo ministro teria que “transitar em Brasília e no Parlamento”. (Eduardo Girão) Traiu o povo brasileiro quando não indicou aquilo que tinha deixado claro durante a sua campanha, pessoas com bandeiras firmes em relação à prisão em segunda instância, favorável à operação lava-jato que eu não vi tanta firmeza aqui, a questão de valores conservadores. Essa era a expectativa para equilibrar o Supremo Tribunal Federal. (Repórter) Já o senador Lasier Martins, do Podemos do Rio Grande do Sul, questionou o indicado sobre a inconveniência de encontros entre integrantes do STF e parlamentares, que poderiam ser interpretados como ativismo político. (Lasier Martins) Tem se observado, de uns tempos para cá, uma participação curiosa, estranha, muito intensa de membros do Poder Judiciário especialmente dos supremo Tribuna Federal, em repetida reuniões, jantares, confraternizações, dando uma ideia de uma verdadeira confraria entre magistrados e políticos. Não deve caracterizar a posição do magistrado ter discrição, ter distância? (Repórter) O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, do MDB de Pernambuco, rebateu as críticas afirmando que o nome de Kassio foi bem aceito pela sociedade. (Fernando Bezerra Coelho) A ampla aceitação da indicação do doutor Kassio Marques pela comunidade jurídica e por diversos setores da sociedade brasileira vem confirmar o mérito da escolha do presidente Jair Bolsonaro que buscou um perfil de excelência para a vaga deixada pelo ministro Celso de Mello na mais alta corte do país. (Repórter) Bezerra elogiou, ainda, a origem piauiense de Kassio Nunes Marques, já que desde 2012 o Supremo não tem com nenhum ministro nordestino. Da Rádio Senado, Marcella Cunha MSG 59 DE 2020

A sabatina de Kássio Nunes Marques na Comissão de Constituição e Justiça abordou aspectos políticos da indicação do desembargador. O senador Eduardo Girão (PODE-CE) disse que Bolsonaro traiu a população ao não indicar alguém com valores conservadores e bandeiras firmes. Já o líder do governo, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE ), elogiou a ampla aceitação do nome pela comunidade jurídica. A reportagem é de Marcella Cunha.

Notícias relacionadas

Kassio Marques afirma que processos no CNJ se referem a questões de prazos e não de conduta

Kassio: acusações sobre currículo são interpretações equivocadas

Sabatina: aborto, prisão em segunda instância e compra de lagostas pelo STF

TÓPICOS:
Bolsonaro  Brasília  Ceará  Celso de Mello  Juízes  Judiciário  MDB  Operação Lava Jato  Pernambuco  Podemos  Rio Grande do Sul  Senador Eduardo Girão  Senador Fernando Bezerra Coelho  Senador Lasier Martins  Supremo Tribunal Federal  CE  Constituição  Justiça 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211
Ao vivo