Meio ambiente

Queimadas podem provocar auditoria do TCU no Ministério do Meio Ambiente

O líder da minoria, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), apresentou requerimento para que o Tribunal de Contas da União faça auditoria nas ações do Ministério do Meio Ambiente de combate às queimadas. O presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado (CMA), Fabiano Contarato (Rede-ES), destaca que a defesa do meio ambiente está presente na Constituição. Mais informações com o repórter Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

 

16/09/2020, 12h58 - ATUALIZADO EM 16/09/2020, 13h00
Duração de áudio: 01:18
Foto: Divulgação/PrevFogo/MS

Transcrição
LOC: O LÍDER DA MINORIA NO SENADO APRESENTOU REQUERIMENTO AO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO PARA PEDIR UMA AUDITORIA EM RELAÇÃO ÀS ATIVIDADES DO MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE NO COMBATE ÀS QUEIMADAS LOC: JÁ O PRESIDENTE DA CMA DESTACA QUE TER UM MEIO AMBIENTE EQUILIBRADO É UMA QUESTÃO CONSTITUCIONAL. MAIS INFORMAÇÕES COM O REPÓRTER RODRIGO RESENDE: (Repórter) O líder da minoria, senador Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá, enviou um ofício ao Tribunal de Contas da União solicitando auditoria em caráter emergencial da atuação do Ministério do Meio Ambiente nas ações de combate às queimadas no Pantanal. Para Randolfe, o governo vem sendo negligente: (Randolfe Rodrigues) Num momento em que o Governo vira as costas para uma tragédia que acontece, do ponto de vista ambiental, no Pantanal, um dos nossos principais ecossistemas, e para a tragédia ambiental que também ocorre aqui na minha querida Amazônia. (Repórter) O presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado, Fabiano Contarato, da Rede Sustentabilidade do Espírito Santo, destaca que a defesa do meio ambiente está presente na Constituição: (Fabiano Contarato) O artigo 225 da Constituição Federal ele é claro: todos temos direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado. Então isso não é uma fala porque eu sou do partido A ou B. Contra fatos não há argumentos. O governo federal antes de tomar posse queria acabar com o Ministério do Meio Ambiente. Ele não conseguiu de direito mas está conseguindo de fato. (Repórter) O governo federal liberou 3,8 milhões de reais para ações de combate aos incêndios no Pantanal. Os recursos deverão ser distribuídos entre 79 municípios da região.

Ao vivo
00:0000:00