Desemprego

Senadores pedem medidas para conter desemprego

01:40Senadores pedem medidas para conter desemprego

Transcrição LOC: IBGE REVELA QUE 38,9 POR CENTO DOS DESEMPREGADOS BRASILEIROS BUSCAM TRABALHO HÁ MAIS DE UM ANO. LOC: ROGÉRIO CARVALHO CULPA MEDIDAS ECONÔMICAS DO GOVERNO PELOS NÚMEROS. REPÓRTER RAQUEL TEIXEIRA. TÉC: Pesquisa do IBGE aponta que quase 40 por cento do total de pessoas sem trabalho formal no país procuram emprego há mais de um ano. O número equivale a 5,2 milhões de brasileiros desempregados. Os dados foram divulgados na última quinta-feira e não surpreenderam o senador Rogério Carvalho, do PT de Sergipe: (CARVALHO) O desemprego reflete a opção de caminho econômico que o país adota. Nós não estamos vendo nenhuma iniciativa na direção de aquecer a economia, de aumentar a atividade econômica. E crescimento econômico significa crescimento da demanda por força de trabalho. Já o senador Álvaro Dias, do Podemos do Paraná, confirma que os números do desemprego são crescentes, mas contesta os valores divulgados. (ÁLVARO) Eu sempre contesto as estatísticas do IBGE porque elas estão muito aquém da realidade. Há muitos desempregados que não procuram emprego, então não constam das estatísticas dos desempregados. Para tentar diminuir o desemprego, os dois senadores, Álvaro Dias e Rogério Carvalho, concordam que é necessário um conjunto de medidas que passam prioritariamente pelas reformas da previdência e tributária. Outro índice revelado pela pesquisa mostra crescimento na taxa de desemprego entre jovens, em comparação com o último trimestre de 2018. Atualmente são 27,3 por cento de brasileiros com idades entre 18 e 24 anos sem ocupação, antes eram 25,2 por cento. Para o restante da população os desempregados estão em 12,7 por cento, com o número total de 13,4 milhões de brasileiros. // Da Rádio Senado, Raquel Teixeira.

Pesquisa do IBGE aponta que quase 40% das pessoas sem trabalho formal no país procuram emprego há mais de um ano. O número equivale a 5,2 milhões de brasileiros desempregados. Os dados foram divulgados na última quinta-feira. Os senadores Rogério Carvalho (PT-SE) e Alvaro Dias (Pode-PR) têm avaliações diferentes sobre o problema.

TÓPICOS:
Desemprego  Economia  Emprego  IBGE  Paraná  Podemos  Previdência  PT  Senador Rogério Carvalho  Sergipe  Trabalho 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11