Reforma Tributária

Proposta do governo de reforma tributária será entregue na terça-feira

02:19Proposta do governo de reforma tributária será entregue na terça-feira

Transcrição LOC: A COMISSÃO MISTA DA REFORMA TRIBUTÁRIA DEVE OUVIR PAULO GUEDES NA TERÇA-FEIRA. LOC: O MINISTRO DA ECONOMIA VAI ENTREGAR A PROPOSTA DO GOVERNO, QUE PODE INCLUIR A UNIFICAÇÃO DE PIS E COFINS. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA (Repórter) A proposta da Reforma Tributária do governo será entregue ao Congresso Nacional na terça-feira pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e o secretário da Receita Federal, José Tostes. É o que informou o presidente da Comissão Mista Temporária que analisa o tema, senador Roberto Rocha, do PSDB do Maranhão. (Roberto) O ministro, ele próprio, com a equipe, apresentará com o Secretário da Receita, no dia 17, aqui na Comissão Especial. Até lá, nós temos já organizado o plano de trabalho que o Relator, junto com a Comissão, vai providenciar. (Repórter) O plano de trabalho sugerido pelo deputado Aguinaldo Ribeiro, do PP da Paraíba, estabelece que o relatório final seja apresentado no dia 28 de abril e votado até 5 de maio. A previsão é que o governo proponha a unificação do PIS e da Cofins. As duas contribuições têm caráter social e incidem sobre a mesma base de cálculo, com poucas diferenciações. A intenção é que Comissão Mista consiga conciliar sugestões do Executivo com as propostas em tramitação na Câmara, a PEC 45, e a no Senado, a PEC 110. As duas acabam com diversos tributos sobre bens e serviços cobrados atualmente e o substituem por um imposto único, nos moldes do IVA, o imposto sobre valor agregado, já adotado por mais da metade dos países do mundo. As duas PECs também preveem a criação de um imposto seletivo cobrado sobre bens e serviços específicos. O senador Wellington Fagundes, do PL de Mato Grosso do Sul, lembrou que a proposta do governo estava prevista para ser entregue por Guedes na semana passada. (Wellington Fagundes) Ele acabou postergando essa nossa visita, visto que o Senador Davi também gostaria de estar presente também. Esse é um assunto hoje que interessa a todos nós, a todos os brasileiros, principalmente no sentido de simplificar o Brasil. Não é nem só a questão da carga tributária, mas exatamente a burocracia, o volume de impostos que praticamente deixa o empresário em condições de pouca competitividade nacional e internacional. (Repórter) Na avaliação da Instituição Fiscal Independente, enquanto a proposta da Câmara garante mais flexibilidade na escolha da alíquota por governadores e prefeitos, a do Senado permite que eles concedam mais benefícios fiscais.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deve apresentar na próxima terça-feira (17) a proposta do governo de reforma tributária à Comissão Temporária que analisa o tema. Foi marcada uma audiência pública interativa com a participação de Guedes e do Secretário Especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto. A previsão é que seja sugerida a unificação da PIS e do Cofins. O relatório do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) deve ser apresentado em 28 de abril, conforme aprovou a comissão. A reportagem é de Marcella Cunha.

TÓPICOS:
Burocracia  Carga Tributária  Congresso Nacional  Economia  Instituição Fiscal  Maranhão  Mato Grosso  Mato Grosso do Sul  Paraíba  PP  PSDB  Receita Federal  Reforma Tributária  Senador Roberto Rocha  Senador Wellington Fagundes  Trabalho  Tributos 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo