Futebol

Projeto torna a seleção brasileira de futebol patrimônio cultural

Um projeto em debate no Senado pretende transformar a seleção brasileira em patrimônio cultural (PL 508/2018).  Mas o autor, senador Alvaro Dias (PODE-PR), deixa claro que o maior objetivo da proposta é aumentar a fiscalização da Confederação Brasileira de Futebol, que passaria a ser feita pelo Tribunal de Contas da União. O repórter Pedro Pincer tem os detalhes.

08/10/2020, 18h32 - ATUALIZADO EM 08/10/2020, 18h34
Duração de áudio: 01:41
Neymar, com uniforme de treino da Seleção, sorrindo.
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Transcrição
LOC: AS ELIMINATÓRIAS PARA A PRÓXIMA COPA DO MUNDO NO QATAR COMEÇAM PARA O BRASIL NESTA SEXTA E UM PROJETO QUER TORNAR A SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL PATRIMÔNIO CULTURAL. LOC: PRINCIPAL OBJETIVO É FAZER COM QUE A CBF POSSA SER FISCALIZADA PELO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. O REPÓRTER PEDRO PINCER TEM MAIS INFORMAÇÕES: TÉC: A Taça do Mundo foi nossa em 58, quando não havia quem pudesse com o futebol brasileiro. Em 70, éramos noventa milhões em ação. Em 94, foi de gol em gol, com direito a replay. E 2002 teve festa levantando poeira. A seleção brasileira de futebol é parte integrante da rotina e da cultura do país praticamente desde as suas primeiras partidas, em 1914. Um projeto em debate no Senado pretende transformar o time verde e amarelo em patrimônio cultural. O autor, senador Alvaro Dias, do Podemos do Paraná, alega que é justo declarar a seleção patrimônio cultural, pois ao longo das décadas a equipe refletiu o melhor do estilo brasileiro de jogar, o chamado futebol-arte. Mas o senador deixa claro que o maior objetivo da proposta é aumentar a fiscalização da Confederação Brasileira de Futebol, que passaria a ser feita pelo Tribunal de Contas da União. (Alvaro Dias) Nós estamos apresentando essa proposta exatamente para que não reste dúvida sobre a utilização de recursos público. Se a seleção é um patrimônio cultural do povo brasileiro e ela é a sustentação financeira econômica da CBF, não há duvida de que a CBF precisa ser fiscalizada pelo Tribunal de Contas da União (REP) Alvaro explica outras mudanças que o projeto pode fazer na administração da entidade. (Alvaro Dias) Nós estamos propondo uma estrutura de transparência à CBF, com várias normas que exigirão a publicação de balanço, a realização de auditoria. (REP): O projeto tem relatório favorável de Eduardo Gomes, do MDB do Tocantins, na Comissão de Educação Cultura e Esporte. Da Rádio Senado, Pedro Pincer.

Ao vivo
00:0000:00