Pandemia

Álvaro Dias propõe suspensão de tarifas de transferências bancárias

01:07Álvaro Dias propõe suspensão de tarifas de transferências bancárias

Transcrição LOC: OS BANCOS NÃO PODERÃO COBRAR TARIFAS DE TRANSFERÊNCIAS BANCÁRIAS ATÉ O FINAL DO ANO. LOC: É O QUE DIZ PROJETO DE LEI APRESENTADO PELO SENADOR ALVARO DIAS, DO PODEMOS DO PARANÁ. A REPORTAGEM É DE BRUNO LOURENÇO: TÉC: O senador Alvaro Dias, do Podemos do Paraná, lembra que, por conta da calamidade pública provocada pela covid-19, as pessoas estão precisando se ajudar, fazendo compras para familiares, pagando contas para pessoas com dificuldades. E as transferências bancárias, segundo Alvaro Dias, se mostram serviços essenciais nesta pandemia. Por isso ele defende que os bancos deem sua contribuição nesse momento difícil. (Alvaro): Os bancos brasileiros tiveram lucro histórico no ano passado. Mais de cem bilhões de reais. E esta é a hora de sacrifício, de reduzir a margem de lucro. Por isso a nossa proposta tendo o interesse daqueles que hoje isolados socialmente mantenham suas atividades por meio da web, com transferências bancárias, movimentação financeira com o que chamados de DOC, de TED. (Repórter): Hoje os correntistas já têm direito a pelo menos duas transferências gratuitas por mês entre contas do mesmo banco. PL 1342/2020

O Senado pode analisar projeto de lei (PL 1342/2020) que suspende até o final do ano as tarifas de transferências bancárias. Hoje os correntistas têm direito a duas transferências gratuitas entre contas do mesmo banco, por mês. Segundo o senador Alvaro Dias (Pode-PR), esse limite é insuficiente para as novas necessidades trazidas pela pandemia do coronavírus. A reportagem é de Bruno Lourenço.

TÓPICOS:
Bancos  Coronavírus  covid-19  pandemia  Paraná  Podemos  PR  Senador Alvaro Dias 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo