Projeto prevê aumento de cinco dias para os trabalhadores

LOC: A LICENÇA AOS TRABALHADORES DEVIDO AO FALECIMENTO DE ALGUM PARENTE PODERÁ AUMENTAR PARA CINCO DIAS.

LOC: ISTO É O QUE PREVÊ PROJETO APROVADO NA COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DURANTE A SEMANA DE ESFORÇO CONCENTRADO, QUE JÁ SEGUE PARA A CÂMARA DOS DEPUTADOS. 

O projeto do senador Cesar Borges, do PR da Bahia, aumenta de 2 para 5 dias o período de licença para os trabalhadores, em caso de falecimento de algum familiar ou dependente. Para o senador, o prazo atual ainda é muito curto para que a pessoa possa recuperar-se emocionalmente da perda de um ente querido, e para cuidar de toda a burocracia que se segue a este evento. Cesar Borges acredita também que este novo direito, se for acrescentado à CLT, não irá prejudicar os empresários, pois não servirá para abusos por parte dos trabalhadores. (CESAR BORGES): Olhamos também o problema social. Porque ninguém vai querer perder um parente, ou vai querer perder um dependente, para poder ter 5 dias para resolver os problemas inerentes ao falecimento de alguém, que tem uma série de problemas burocráticos. (REP): Este projeto segue agora para análise na Câmara dos Deputados.
05/08/2010, 05h02 - ATUALIZADO EM 05/08/2010, 05h02
Duração de áudio: 00:58
Ao vivo
00:0000:00