Relações Exteriores

Presidente da CRE comemora apoio dos EUA à entrada do Brasil na OCDE

02:16Presidente da CRE comemora apoio dos EUA à entrada do Brasil na OCDE

Transcrição LOC: O BRASIL DÁ UM PASSO FIRME PARA FAZER PARTE DOS PAÍSES MAIS DESENVOLVIDOS DO MUNDO, AFIRMOU O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES, NESINHO TRAD. LOC: O ANÚNCIO FOI FEITO APÓS DECLARAÇÃO DE APOIO OFICIAL DOS ESTADOS UNIDOS À ENTRADA BRASILEIRA NO GRUPO, CONHECIDO COMO CLUBE DOS RICOS. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA (Repórter) Os Estados Unidos apoiaram oficialmente a entrada do Brasil na OCDE, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico. O pedido brasileiro foi feito em 2017. Representantes do governo norte-americano entregaram uma carta, em Paris, aos demais membros do organismo internacional na qual defendem que se dê prioridade ao Brasil. No documento, eles reconhecem os esforços brasileiros para alinhar as políticas econômicas aos padrões da OCDE e promover reformas políticas. Em outubro, o presidente norte-americano, Donald Trump, havia declarado que endossaria o ingresso da Argentina, mas retirou o apoio após a eleição do peronista Alberto Fernández. Para o presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, Nelsinho Trad, do PSD de Mato Grosso do Sul, o apoio dos Estados Unidos é extremamente positivo. (Nelsinho Trad) Estamos no caminho certo e com a convicção de que assim o nosso país dá um passo firme sólido para ingressar no rol dos países economicamente mais desenvolvidos do mundo. (Repórter) O ingresso no bloco não depende apenas do aval norte-americano. São mais de 100 requisitos para que o Brasil seja aceito, que incluem o controle inflacionário e fiscal. O presidente Jair Bolsonaro anunciou que o Brasil “está adiantado” e o governo espera cumprir todos eles. Para Trad, o Brasil ganha muito ao atender as conformidades da OCDE e fazer parte do chamado “clube dos ricos”. (Nelsinho Trad) É um passo à frente que o nosso país dá no sentido de buscar vários indicadores que são colocados para os países que lá fazem parte no sentido do seu avanço social e econômico. (Repórter) O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, esteve na Embaixada dos Estados Unidos para agradecer o apoio, que chamou de extraordinário. Ele declarou que o país norte americano considera que o Brasil “voltou a ser um país confiável”. A OCDE tem atualmente 36 membros e promove políticas públicas e econômicas para orientar as nações associadas.

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, Nelsinho Trad (PSD-MS), avaliou como extremamente positivo o apoio norte-americano ao ingresso do Brasil na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Para ser aceito, o Brasil precisa cumprir uma lista extensa de requisitos, como o controle inflacionário e fiscal. Mas para Trad, o aval norte americano é um passo sólido para que o ingresso no chamado “clube dos ricos” se concretize.   A reportagem é de Marcella Cunha.

TÓPICOS:
Argentina  Bolsonaro  Casa Civil  Comissão de Relações Exteriores  Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional  Defesa Nacional  Desenvolvimento  Estados  Estados Unidos  Mato Grosso  Mato Grosso do Sul  PSD  Relações Exteriores  Senador Nelsinho Trad  CRE 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo