Comunicação

Os 70 anos da TV no Brasil

A TV no Brasil completa 70 anos e senadores que trabalharam no veículo, como Lasier Martins (PSD-RS), Carlos Viana (PSD-MG) e Jorge Kajuru (Cidadania-GO), ressaltam a importância desta forma de se comunicar para o Brasil. Mais informações com o repórter Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

17/09/2020, 17h40 - ATUALIZADO EM 17/09/2020, 17h40
Duração de áudio: 02:04
Logo da TV Tupi.
Foto: Reprodução / TV Tupi

Transcrição
LOC: EM 18 DE SETEMBRO DE 1950 ACONTECIA A PRIMEIRA TRANSMISSÃO TELEVISIVA DO BRASIL. LOC: A TV TUPI FOI A PRIMEIRA EMISSORA DE TELEVISÃO DA AMÉRICA DO SUL. MAIS INFORMAÇÕES COM O REPÓRTER RODRIGO RESENDE: TÉC (0917 A02 - Rodrigo – 70 anos TV – T: x’xx’’): A primeira transmissão televisiva da América do Sul ocorreu em 18 de setembro de 1950, pela TV Tupi em São Paulo. De lá pra cá, muitas histórias. O senador Jorge Kajuru, do Cidadania de Goiás, trabalhou em diversas emissoras na área esportiva: Kajuru – 13” - Durante 40 anos de carreira na televisão brasileira é impossível de minha parte dizer que ele não fez parte da minha vida. Em todos os momentos! (REP) O senador Lasier Martins, do Podemos do Rio Grande do Sul, apresentou o principal jornal do estado na TV. E pensar que ele conheceu a telinha da rua, vendo em uma janela aberta pelos vizinhos que adquiriram o primeiro aparelho da cidade quando o pequeno Lasier tinha apenas 13 anos: Lasier – E pela janela generosamente aberta por aquela família eu vi as primeiras imagens se movendo em uma tela. Foi assim que conheci a televisão. (REP) O senador Carlos Viana, do PSD de Minas Gerais, que também foi apresentador de TV, ressalta que o meio precisa se reinventar e recuperar a confiança da população: Viana – Para o futuro é reconquistar essa confiança da população na TV como veículo de informação. Como veículo em que a democracia pode se tornar diversa, mas com respeito a todos aqueles que são atores neste mesmo espaço público. (REP) Érico da Silveira, diretor da TV Senado, aponta que a TV não irá acabar, mas a forma de acesso a ela, isso sim está se transformando: Érico – Não acho que a televisão vá acabar. Esse modelo linear, um programa após o outro, que a emissora decide o que passa que horas, esse modelo já está ultrapassado. Mas a televisão, que é essa organização de vídeos para você assistir e você podendo escolher que vídeo, que hora você assiste, isso é televisão. (REP) A TV Senado foi criada em 1996 e transmite na íntegra todas as atividades legislativas do Senado Federal além de produzir noticiários e documentários. Da Rádio Senado, Rodrigo Resende. LOC: E A RÁDIO SENADO APRESENTA NA PRÓXIMA SEMANA O ESPECIAL “A CAIXA MÁGICA – 70 ANOS DA TV NO BRASIL”. A REPORTAGEM CONTA COM ENTREVISTAS EXCLUSIVAS DE PERSONAGENS IMPORTANTES DA HISTÓRIA DA TV E SENADORES QUE TRABALHARAM NESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.

Ao vivo
00:0000:00