Renda Brasil

Novo programa de transferência de renda deve ser enviado na próxima semana

02:11Novo programa de transferência de renda deve ser enviado na próxima semana

Transcrição LOC: NOVA PROPOSTA DO GOVERNO CRIA PROGRAMA DE TRANSFERÊNCIA DE RENDA PARA SUBSTITUIR O BOLSA FAMÍLIA. LOC: PROJETO DEVE SER APRESENTADO NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA. REPÓRTER RAQUEL TEIXEIRA. TEC: O novo programa chamado de Renda Brasil vai substituir o Bolsa Família e o auxílio emergencial pago durante a pandemia do coronavírus, mas o valor da transferência ainda não foi definido. O vice-líder do governo no Senado, Márcio Bittar, do MDB do Acre, afirmou que a intenção é juntar a proposta com a PEC do Pacto Federativo e com a PEC Emergencial, que apontam para a redução de gastos. (MÁRCIO) O que nós não podemos permitir, e isso é que tem que ser evitado, é que o Brasil chegue ao final do ano aumentando despesas sem cortar, seria um cenário horrível. Você daria uma alegria em seis meses e um pesadelo depois de anos. Então, ela já vem com esse pacote, ela vem com Renda Brasil, mas vem com um monte de coisas cortando gordura e desperdícios onde puder cortar. Rep: Havia também a possibilidade de que o projeto tratasse de temas como a desoneração da folha de pagamento e da redução de jornada de servidores públicos, mas ainda não há confirmação sobre a inclusão desses dois temas. Em relação a outras medidas econômicas do texto, a senadora Kátia Abreu, do PP do Tocantins, defendeu a manutenção do teto de gastos sem flexibilização e a implantação de novas reformas, como a tributária. (KÁTIA) Nós temos que seguir fazendo o que estávamos fazendo antes da Covid. Simples assim! Então, falar em furar teto antes das reformas é quase um suicídio, um tiro no pé, nós termos o atrevimento num teto que eu votei contra lá atrás por um motivo... Eu não acreditava nele sozinho, sem as reformas. Já que se fez a previdenciária e ele foi aprovado, agora, vamos correr para fazer as duas reformas que são fundamentais para o País. Rep: E para Zenaide Maia, do Pros do Rio Grande do Norte, nenhuma reforma vai dar certo no Brasil se não houver geração de emprego. (ZENAIDE) Se não gerarmos emprego e renda, pode fazer a reforma que quiser, que não vamos sair disso, porque se tira o poder de compra do trabalhador. A gente tem que ter justiça fiscal, não é só uma reforma tributária, porque há uma injustiça fiscal neste País muito grande. Quem ganha muito paga pouco, e quem ganha pouco paga muito. Rep: A expectativa do governo é que o Congresso Nacional comece a debater a nova proposta já no mês de setembro. Da Rádio Senado, Raquel Teixeira. PEC 186/2020

Deve chegar ao Congresso na próxima semana proposta que cria um novo programa de transferência de renda, no lugar do Bolsa-Família.  O vice-líder do governo no Senado, Márcio Bittar (MDB-AC) disse que o Executivo pode juntar, em um texto apenas, a PEC do Pacto Federativo e a PEC Emergencial, que apontam para a redução de gastos. 

TÓPICOS:
Acre  Auxílio emergencial  Bolsa Família  Congresso Nacional  Coronavírus  Desoneração  Emprego  Família  Justiça  MDB  Pacto Federativo  pandemia  Podemos  PP  PROS  Reforma Tributária  Rio Grande do Norte  Senador Márcio Bittar  Senadora Kátia Abreu  Senadora Zenaide Maia  Servidores públicos  Suicídio  Tocantins 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211
Ao vivo