DataSenado

Maioria apoia projetos que dão transparência a gastos contra covid-19

02:45Maioria apoia projetos que dão transparência a gastos contra covid-19

Transcrição LOC: MAIS DE 80% DOS BRASILEIROS APOIAM PROPOSTAS QUE AUMENTAM A TRANSPARÊNCIA COM GASTOS E DADOS DA PANDEMIA, ALÉM DA CRIAÇÃO DE UMA RENDA BÁSICA PERMANENTE. LOC: DURANTE A CRISE SANITÁRIA, CRESCEU O INTERESSE DA POPULAÇÃO EM ACOMPANHAR A VOTAÇÃO DE LEIS NO SENADO. REPÓRTER ROBERTO FRAGOSO. TÉC: As duas propostas que tiveram maior apoio da população aumentam a transparência com gastos e dados relacionados à pandemia. O projeto de Plínio Valério, do PSDB do Amazonas, obriga o governo a ampliar a divulgação dos gastos emergenciais feitos sem licitação para ações de combate à pandemia do coronavírus. Para 84% das pessoas que responderam ao levantamento feito pelo DataSenado, os contratos hoje publicados apenas na internet devem ser veiculados também no rádio e na televisão. (Plínio Valério) Seria uma forma da população, das autoridades, de todo mundo acompanhar pra ver se realmente esse dinheiro enviado ao estado está sendo gasto como deveria ser e pro que deve ser. O objetivo é um só: é o combate à pandemia. (Repórter) Número próximo de pessoas, 83%, disse ser favorável à ideia de tornar obrigatória a divulgação diária dos dados relacionados à doença, como número de casos suspeitos, confirmados e mortes. Essa proposta é de Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá, assim como a de tornar o auxílio emergencial permanente, que conta com o apoio de 81% dos entrevistados. A renda básica de cidadania unificaria todos os programas de distribuição de renda, partiria de meio salário mínimo e seria limitada a três salários mínimos por família. (Randolfe Rodrigues) Em que pese os programas sociais que temos, sempre houve a ortodoxia fiscal contra um programa real de renda mínima para os brasileiros. Foi necessário uma calamidade pública para torná-lo urgente. (Repórter) Outras duas propostas avaliadas na pesquisa auxiliam os estudantes a se adaptarem às mudanças na rotina causadas pela covid-19. Uma, de Confúcio Moura, do MDB de Rondônia, com aval de 81% dos brasileiros, cria uma linha de crédito com condições especiais para estudantes da rede pública comprarem computadores para terem condições de continuar as aulas durante o isolamento. (Confúcio Moura) Um drama real. Grande parte dos alunos estão a ver navios. Nós devemos levar conforto, soluções para os brasileiros distantes, que estão realmente excluídos da área tecnológica. (Repórter) E 55% das pessoas que disseram conhecer o Fies concordam com a ampliação do acesso – hoje limitado a estudantes com renda familiar de até três salários mínimos – para quem tem ganhos de até 12 salários. A pesquisa que ouviu 2400 pessoas entre 24 e 28 de julho mostra ainda que 56% da população vem acompanhando o trabalho do Senado durante a pandemia; e 45% o avalia como ótimo ou bom. Aumentou também o interesse do cidadão em acompanhar a Casa nas redes sociais. Entre março e julho, 370 mil novos perfis passaram a seguir as mídias do Senado, que já somam 5 milhões e 900 mil seguidores, um crescimento 26,5% maior que no mesmo período de 2019. Da Rádio Senado, Roberto Fragoso.

Mais de 80% dos brasileiros apoiam propostas que aumentam a transparência com gastos e dados da pandemia, além da criação de uma renda básica permanente. Durante a crise sanitária, cresceu o interesse da população em acompanhar a votação de leis, de acordo com pesquisa do DataSenado feita entre 24 e 28 de julho. A reportagem é de Roberto Fragoso, da Rádio Senado.

PL 2544/2020

PL 3214/2020

PL 2621/2020

PL 3491/2020

PL 3025/2020

TÓPICOS:
DataSenado  pandemia  Transparência 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo