Coronavírus

Gurgacz pede urgência para auxílio emergencial destinado à agricultura familiar

01:42Gurgacz pede urgência para auxílio emergencial destinado à agricultura familiar

Transcrição LOC: SENADOR ACIR GURGACZ PEDE URGÊNCIA PARA AUXÍLIO EMERGENCIAL DESTINADO A SOCORRER AGRICULTORES FAMILIARES. LOC: O PROJETO FOI APROVADO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS NA ÚLTIMA SEGUNDA-FEIRA E DEVE GARANTIR APOIO DE TRÊS MIL REIAS AOS PEQUENOS PRODUTORES. REPORTAGEM JOSÉ ODEVEZA. (Repórter) O projeto de Lei 735 de 2020 já chegou ao Senado. Ele foi aprovado na Câmara dos Deputados após forte mobilização popular e pressão da bancada de Oposição. A proposta estabelece que os agricultores que não tiveram acesso à verba emergencial receberão o total de R$ 3 mil, dividido em cinco parcelas de R$ 600. Já para as mulheres agricultoras e chefes de família, o valor é de R$ 6 mil, referente a cinco parcelas de R$ 1,2 mil. Além do benefício especial a proposta estabelece recursos para fomento da atividade e prorrogação de condições para o pagamento de dívidas. O senador Acir Gurgacz, do PDT de Rondônia, pediu a aprovação do projeto em caráter emergencial. Segundo ele, a medida vai ajudar a minimizar os efeitos da pandemia junto ao setor e regatar propostas já aprovadas pelo Congresso, mas que foram vetadas pelo presidente Jair Bolsonaro. (Acir Gurcacz) A agricultura familiar já está vivendo os impactos da crise. O isolamento social fechou restaurantes e feiras livres – os principais canais de escoamento da agricultura familiar – eles sofrem com a perda de espaço e a falta de renda emergencial. Esse projeto resgata proposta que já aprovamos aqui no senado. Esses trabalhadores rurais não podem esperar. Eles já estão no limite de suas capacidades para enfrentar a pandemia e precisam urgentemente do auxílio emergencial . (Repórter): As condições para a concessão do auxílio são as mesmas estabelecidas aos informais. Entre elas, idade mínima de 18 anos, não ter emprego com carteira assinada, e renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar total de até três salários mínimos.

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) pediu urgência para a votação do projeto que prevê o pagamento do auxílio emergencial aos agricultores que trabalham em regime familiar. O PL 735/2020, aprovado na última segunda-feira (20), pela Câmara dos Deputados, estabelece ainda outras medidas para minimizar os efeitos da pandemia junto ao setor. A reportagem é de José Odeveza.

TÓPICOS:
Agricultura  Agricultura familiar  Auxílio emergencial  Bolsonaro  Câmara dos Deputados  Emprego  Família  Oposição  pandemia  PDT  Rondônia  Salário Mínimo  Senador Acir Gurgacz 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo