Pantanal

Fávaro cobra votação de projeto sobre o uso de aviões no combate a incêndios

02:13Fávaro cobra votação de projeto sobre o uso de aviões no combate a incêndios

Transcrição LOC: O SENADOR CARLOS FÁVARO COBROU APROVAÇÃO NA CÂMARA DO PROJETO QUE AUTORIZA O USO DE AVIÕES AGRÍCOLAS NO COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS. LOC: O BRASIL TEM A SEGUNDA MAIOR FROTA AGRÍCOLA DO MUNDO, QUE FICA PRATICAMENTE PARADA NO PERÍODO DE ENTRESAFRA. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA (Repórter) O senador Carlos Fávaro, do PSD de Mato Grosso, cobrou da Câmara dos Deputados a votação do projeto de sua autoria que permite o uso da aviação agrícola no combate a incêndios florestais. A pedido dele, um requerimento de urgência solicitando a inclusão da proposta na pauta foi apresentado por líderes partidários na Câmara. O objetivo é permitir que aviões agrícolas sejam usados nos meses de seca para ajudar a controlar o fogo em vegetações nativas, como explicou o senador. (Carlos Fávaro) As chuvas que ocorreram ainda não foram suficientes, ainda há riscos das queimadas continuarem acontecendo. Temos que estar atentos, alertas, preparados, para que possamos definitivamente acabar com esse incêndio que está devastando o nosso Pantanal. (Repórter) O Brasil tem a segunda maior frota agrícola do mundo, com aproximadamente duas mil e 300 aeronaves. Segundo Carlos Fávaro, os aviões ficam parados durante a seca, que coincide com o período de entressafra. (Carlos Fávaro) É fundamental complementar esse trabalho dos brigadistas com mais aviões a disposição do poder público para que possamos fazer esse enfrentamento. Se não no ano de 2020 mas nos anos futuros. E preparar políticas públicas estruturantes para que essa tragédia nunca mais volte a acontecer. (Repórter) Para Fávaro, a solução para evitar incêndios de grandes proporções, como neste ano, são políticas estruturantes para os moradores do Pantanal. (Carlos Fávaro) O caminho é investir no pantaneiro, ele sabe cuidar do pantatal, tem que estar com o pilar do econômico muito bem estruturado, através de financiamento do BNDES, do FCO, para que ele possa reativar sua pecuária, e garantir menos volume vegetal no pantanal para que quando ocorra os incêndios não faça uma tragédia dessa magnitude que ocorreu em 2020. (Repórter) O uso da aviação agrícola evitaria, por exemplo, a compra de novos aviões de combate a incêndios, a contratação de pilotos e custos de manutenção, treinamento e pessoal. As aeronaves devem ser pilotadas por profissionais devidamente qualificados. O projeto foi aprovado no início de outubro pelo Senado e aguarda deliberação da Câmara dos Deputados. PL 4629 de 2020

O senador Carlos Fávaro (PSD-MT) defende a votação, com urgência, pela Câmara dos Deputados do projeto de sua autoria que prevê a requisição de aviões agrícolas para o combate de incêndios florestais. A proposta, aprovada no dia 1ª de outubro pelo Senado, permite que a frota agrícola  seja usada para ajudar a controlar o fogo em vegetações nativas durante o período de seca.  A reportagem é de Marcella Cunha, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
BNDES  Câmara dos Deputados  Mato Grosso  Pecuária  PSD  Seca  Trabalho  Senador Carlos Fávaro  Incêndio florestal 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211
Ao vivo