Ex-delegado da PF, Onésimo Sousa, é ouvido sobre dossiê

02:04Ex-delegado da PF, Onésimo Sousa, é ouvido sobre dossiê

LOC: A COMISSÃO MISTA DE CONTROLE DAS ATIVIDADES DE INTELIGÊNCIA OUVIU NA MANHÃ DE HOJE O DEPOIMENTO DO EX-DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL ONÉSIMO SOUZA.

LOC: ELE REAFIRMOU QUE FOI CHAMADO POR REPRESENTANTES DA PRÉ-CAMPANHA DE DILMA ROUSSEF PARA PRODUZIR DOSSIÊS CONTRA O CANDIDATO TUCANO À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, JOSÉ SERRA. REPORTAGEM ANA BEATRIZ SANTOS.

Téc: (0617A12- T:2¿02¿- Ana/ José Genoíno/Eduardo Azeredo-Fábio) o ex-delegado Onézimo Souza confirmou as informações publicadas pela imprensa, de que foi procurado por integrantes do comitê da candidata Dilma Rousseff, do PT, para fazer atividades de proteção do local contra o vazamento de informações e também para a produção de dossiês contra o candidato do PSDB à presidência da república, José Serra. Ele também informou que quem mediou o primeiro contato entre ele e os representantes do comitê da campanha foi o ex-sargento da aeronáutica Idalberto Martins de Araújo. O deputado José Genoíno, do PT de São Paulo, pediu aos colegas para evitar o uso político das atividades da comissão, criada para fiscalizar as atividades de inteligência do governo. (José Genoíno) ¿A fiscalização e controle da inteligência de estado é uma função nobre dessa comissão. Essa comissão não pode se transformar em cenário e palco pra que a gente possa fazer aqui um gotejamento de matérias de jornais envolvendo suposições e insinuações¿(Ana) o presidente da comissão, senador Eduardo Azeredo do PSDB de minas gerais, acredita que o depoimento do ex-delegado Onézimo Souza foi importante para esclarecer a situação, mas que a comissão vai buscar informações na aeronáutica para saber se o ex-sargento Idalberto ainda estava na ativa quando intermediou o encontro entre o ex-delegado e os integrantes do comitê. (Eduardo Azeredo) ¿nós vamos apenas buscar informação sobre o outro convidado que não compareceu, que se ele não era mais funcionário publico da aeronáutica na época que aconteceu este encontro e aguardar os acontecimentos, se houver necessidade podemos fazer outras reuniões¿. (Ana) Na condição de funcionário público aposentado, O ex-sargento Idalberto Martins de Araújo foi convidado pela comissão para prestar depoimento, mas não confirmou presença. Diante disso, os parlamentares aprovaram um pedido do deputado Gustavo Fruet, do PSDB do Paraná, para que ele seja convidado novamente.

TÓPICOS:
Fiscalização  PT  PSDB  Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência  Imprensa  Minas Gerais  Dilma Rousseff  Inteligência  Presidência da República  Polícia Federal  São Paulo  Paraná 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo