Eleições 2018

Eunício comenta impacto das fake news no resultado eleitoral

02:18Eunício comenta impacto das fake news no resultado eleitoral

Transcrição LOC: PRESIDENTE DO SENADO ACREDITA QUE DIVERSOS CANDIDATOS FORAM AFETADOS NESTAS ELEIÇÕES PELAS FAKE NEWS. LOC: ESPECIALISTA DIZ QUE UMA EVENTUAL LEI NÃO SERÁ SUFICIENTE PARA CONTER O FENÔMENO QUE REQUER EDUCAÇÃO. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN. (Repórter) O presidente do Senado, Eunicio Oliveira, não atribuiu às fake news a derrota na disputa pela renovação do mandato de senador. Mas ponderou que as notícias falsas tiveram um impacto nas eleições deste ano. O próprio Tribunal Superior Eleitoral julgou 27 das 29 ações apresentadas à Corte envolvendo fake News. Eunício Oliveira avalia que o combate às notícias falsas deve ser pensado inclusive em termos de legislação. (Eunício Oliveira) Eu lamento que uma ferramenta importante como a tecnologia, o WhatsApp e o Facebook tenham sido utilizados para fazer exatamente isso. Eu cheguei a ganhar 4 ou 5 direito de respostas porque o próprio candidato lançava fake News e não há punição verdadeira para isso. Então, é uma ferramenta importante, mas ela tem que ter limites e penalidades para aqueles que fazem fake News e não notícias. (Repórter) No Senado, tramitam dois projetos de combate às fake News. O primeiro prevê detenção de seis meses a dois anos, além de multa para quem disseminar notícias falsas, distorcidas ou alteradas que afetem o interesse público. Um segundo prevê que qualquer cidadão pode processar sem custas judiciais redes sociais que divulguem fake News sob pena de multa de R$ 500 a R$ 300 mil por dia caso o conteúdo não seja retirado do ar. A professora da Universidade de Brasília, Rafiza Carvalho, avalia que a punição poderá inibir, mas não acabará com o fenômeno das fake News, que passa por uma questão de educação. (Rafiza Carvalho) Eu acho que dificilmente o processo das fake News vai ser contido por uma legislação. Mas acredito nesse momento que algo precisa ser feito no sentido de evitar o efeito danoso das fake News. Quando é propositalmente você pode ter um crime configurado, como por exemplo, crime contra honra, injúria difamação, calúnia (Repórter) O primeiro projeto com prisão para disseminador de fake News está na Comissão de Constituição e Justiça e o que multa os provedores aguarda votação da Comissão de Ciência e Tecnologia. PLS 246/2018 e 473/2017

O presidente do Senado, Eunicio Oliveira, ponderou que as notícias falsas tiveram um impacto nas eleições deste ano. Ele avalia que o combate às fake news deve ser pensado em termos de legislação. No Senado, tramitam dois projetos que punem quem dissemina notícias falsas e redes sociais que não retirarem o conteúdo do ar. Mas a professora da UNB, Rafiza Carvalho, avalia que o debate é sobre educação para quem espalha notícias falsas.

TÓPICOS:
Brasília  Ciência e Tecnologia  Constituição  Educação  Eleições  Especial Eleições 2018  Justiça  Redes Sociais  Tecnologia  Tribunal Superior Eleitoral  Universidade de Brasília 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11