Comissões

Estabelecimento que reutiliza produto de saúde de uso único poderá ser fechado

01:19Estabelecimento que reutiliza produto de saúde de uso único poderá ser fechado

Transcrição LOC: O REAPROVEITAMENTO PROIBIDO DE PRODUTOS DE SAÚDE PODERÁ CAUSAR O FECHAMENTO DE HOSPITAIS E CLÍNICAS. LOC: A PUNIÇÃO ESTÁ PREVISTA EM UM PROJETO EM ANÁLISE NO SENADO. REPÓRTER LARISSA BORTONI. TÉC: A denúncia do crime veio do programa Fantástico. Uma quadrilha que atuava em um hospital no estado do Espírito Santo estaria reutilizando em pacientes material médico que deveria ter sido jogado no lixo. O projeto, em exame na Comissão de Assuntos Sociais, prevê que esse reaproveitamento irregular esteja entre as infrações que podem causar o fechamento das casas de saúde, como hospitais e clínicas. A senadora Vanessa Grazziotin, do PC do B do Amazonas, defendeu a mudança nas leis para punir com mais rigor essa prática que pode até causar a morte. (Vanessa) Trata-se de projeto voltado à proteção da saúde da população, na medida que a reutilização inadequada de materiais cirúrgicos põe em risco a saúde de pacientes. Tal situação, nada aceitável, certamente tem impactos na taxa de mortalidade desses pacientes, haja vista o alto risco de complicações infecciosas, tal como a temida endocardite bacteriana. (Larissa) O autor da proposta, senador Telmário Motta, do PTB de Roraima, alertou, porém, que alguns materiais médicos podem ser reutilizados após limpeza, desinfecção e esterilização.

A lista de infrações capazes de levar ao fechamento de estabelecimentos de saúde pode ser acrescida com a inserção da prática de reutilizar produtos cuja limpeza, desinfecção ou esterilização sejam proibidas por regulamento da autoridade sanitária. Projeto de lei (PLS 299/2016) com esse objetivo está em exame na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

TÓPICOS:
Amazonas  CAS  Comissão de Assuntos Sociais  Espírito Santo  PTB  Roraima  Saúde  Senadora Vanessa Grazziotin 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo