Saúde

Enviada para sanção proposta que assegura cirurgia reparadora nos dois seios para mulheres com câncer

01:28Enviada para sanção proposta que assegura cirurgia reparadora nos dois seios para mulheres com câncer

Transcrição LOC: O SUS E OS PLANOS DE SAÚDE DEVEM ASSEGURAR ÀS MULHERES COM CÂNCER DE MAMA O DIREITO À CIRURGIA PLÁSTICA REPARADORA NOS DOIS SEIOS. LOC: A PROPOSTA APROVADA PELO CONGRESSO NACIONAL FOI ENVIADA PARA A SANSÃO PRESIDENCIAL. REPÓRTER GEORGE CARDIM. REPÓRTER GEORGE CARDIM. (Repórter) A proposta aprovada pelo Congresso Nacional assegura às mulheres com câncer de mama o direito à cirurgia plástica reparadora nos dois seios, ainda que o tumor se manifeste em apenas um deles. Dessa forma, a cirurgia plástica reparadora será feita nas duas mamas, mesmo que o tumor esteja restrito a uma delas. A relatora do projeto no Senado, Marta Suplicy, do MDB de São Paulo, comemorou a aprovação da proposta na Câmara e explicou que a nova lei vai assegurar que as reconstruções das mamas, auréolas e mamilos devem ser feitas tanto pelo SUS como pelos planos de saúde. Marta Suplicy explicou que a iniciativa vai garantir a simetria entre os seios e mais qualidade de vida para as mulheres. (Marta Suplicy) “ Se você faz só uma mastectomia parcial ela é reconstruída uma mama, mas ela pode ficar totalmente diferente da outra. Então, quando essa palavra "simetria" é colocada fica obrigatório que seja feita a cirurgia para que as mamas fiquem iguais e para que não exista mais o desespero das mulheres de, além de sofrerem uma mastectomia, ainda terem de ficar com mamas completamente diferentes.” (Repórter): Quando não for possível a reconstrução imediata, a paciente será encaminhada para acompanhamento e terá a cirurgia assegurada em momento posterior. Para entrar em vigor, o projeto deve ser sancionado pelo presidente da República. PLC 5/2016

A proposta (PLC5/2017) aprovada pelo Congresso Nacional e encaminhada à sanção presidencial assegura às mulheres com câncer de mama o direito à cirurgia plástica reparadora nos dois seios, ainda que o tumor se manifeste em apenas um deles. Dessa forma, a cirurgia plástica reparadora será feita nas duas mamas, mesmo que o tumor esteja restrito a uma delas. O relatório da senadora Marta Suplicy (MDB-SP) estabelece que as reconstruções das mamas, auréolas e mamilos devem ser feitas tanto pelo SUS como pelos planos de saúde. Marta Suplicy explicou que a iniciativa busca garantir a simetria entre os seios e mais qualidade de vida para as mulheres. A reportagem é de George Cardim.

 

TÓPICOS:
Câncer  Congresso Nacional  Planos de saúde  Presidente da República  Qualidade de Vida  São Paulo  Saúde  Senadora Marta Suplicy  SUS 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo