Coronavírus

Entrada no Senado terá controle rigoroso para evitar proliferação da covid-19

02:00Entrada no Senado terá controle rigoroso para evitar proliferação da covid-19

Transcrição LOC: A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA, QUEM PRECISAR ENTRAR NO SENADO FEDERAL PASSARÁ POR RIGOROSOS PROCEDIMENTOS. LOC: AS MEDIDAS VISAM EVITAR A PROPAGAÇÃO DO NOVO CORONAVÍRUS NAS DEPENDÊNCIAS DA CASA E PRESERVAR A SAÚDE DAS PESSOAS. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES. (Repórter) Quem precisar entrar no Senado, seja servidor, colaborador ou visitante, terá que cumprir requisitos prévios. Primeiro, é preciso responder a um questionário informando se apresenta sintomas de covid-19. Os mais comuns são febre, tosse seca, cansaço, dores no corpo ou de cabeça, dificuldade para respirar e diarreia. O questionário está disponível em páginas do Senado na internet, como explica o diretor da Secretaria de Gestão de Pessoas, Gustavo Ponce de Leon. (Ponce de Leon) “Se você precisa ir ao Senado, acesse a intranet ou o portal do Senado na internet e responda a esse questionário antes mesmo de sair de casa. Se não tiver apresentando nenhum sintoma de covid, o sistema já vai gerar um QR Code, que deve ser apresentado na portaria do Senado, liberando o acesso para o dia. Se a pessoa apresentar sintomas compatíveis com a covid, vai receber um número de whatsapp para procurar orientação médica sobre como proceder a partir daí”. (Repórter) Ao ingressar nas dependências do Senado, a pessoa passará ainda por medição da temperatura. E se tiver febre, ela não poderá entrar e também será orientada a buscar assistência médica. Além disso, será feita a testagem de covid-19 a cada duas semanas em todos os servidores que trabalhem nas dependências do Senado, em ambientes com muitas pessoas e pouca ventilação. O diretor Ponce de Leon destaca que as medidas são importantes para preservar a saúde. (Ponce de Leon) “Sabemos que essas são medidas antipáticas e que atrapalham a vida das pessoas, mas, nesse momento, a prioridade precisa ser cuidar da nossa saúde e da saúde de todos os colegas”. (Repórter) Os procedimentos serão adotados porque o número de casos de covid-19 no Distrito Federal continua aumentando. As medidas começaram nesta segunda-feira, oito de junho.

A partir desta segunda-feira (8), a entrada nas dependências do Senado Federal terá controle rigoroso. O servidor, colaborador ou visitante terá que responder a um questionário informando se apresenta sintomas de covid-19. Também será feita, na entrada, a medição da temperatura. Caso tenha sintomas ou febre, a pessoa será encaminhada a atendimento médico. Além disso, quem trabalha presencialmente no Senado, em ambientes com muitas pessoas e pouca ventilação, será submetido à testagem de covid-19 a cada duas semanas. O diretor da Secretaria de Gestão de Pessoas, Gustavo Ponce de Leon, reconhece que são “medidas antipáticas”, mas essenciais à preservação da saúde.  Reportagem, Iara Farias Borges.

TÓPICOS:
Coronavírus  covid-19  Distrito Federal  Internet  IR  Saúde  Seca  Senado Federal 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo