Eleições 2020

Eleição deste ano não terá biometria

01:36Eleição deste ano não terá biometria

Transcrição LOC: O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SEGUIU A RECOMENDAÇÃO SANITÁRIA E A ELEIÇÃO DESTE ANO NÃO TERÁ BIOMETRIA LOC: A MEDIDA FOI ADOTADA PARA EVITAR O CONTÁGIO PELO CORONAVÍRUS. O REPÓRTER PEDRO PINCER TEM MAIS INFORMAÇÕES: (Repórter) O TSE vai seguir a recomendação de infectologistas que prestam consultoria sanitária para as eleições municipais e excluir a necessidade de identificação biométrica no dia da votação. A decisão foi tomada pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, após ouvir médicos do Hospital Sírio Libanês, da Fiocruz e do Hospital Albert Einstein. Para decidir pela exclusão da biometria, foram considerados fatores como a maior possibilidade de infecção e o aumento das aglomerações, já que a votação com biometria é mais demorada do que a feita com assinatura no caderno de votações. O ministro Barroso explica os problemas que levaram o TSE a tomar essa decisão.. (Luis Roberto Barroso) Primeiro é que o eleitor não poderia higienizar as mãos com álcool gel antes de colocar o dedo no aparelho da biometria porque isso danifica o aparelho. O segundo é o risco de contágio, todo mundo colocando a mão no mesmo ponto. E em terceiro e último lugar é que a biometria é um processo que aumenta em setenta por cento o tempo de permanência do eleitor na sessão (Repórter) Desde 2008 a Justiça Eleitoral vem implementando a identificação por biometria. Nas últimas eleições, em 2018, 87 milhões de eleitores estavam cadastrados. A Justiça Eleitoral tomou outras medidas para evitar contágios, como o aumento em uma hora do tempo de votação, o uso obrigatório de máscaras pelos eleitores e a organização do fluxo de votação, com distanciamento de filas.

O Tribunal Superior Eleitoral vai seguir a recomendação de infectologistas que prestam consultoria sanitária para as eleições municipais e excluir a necessidade de identificação biométrica no dia da votação. A decisão foi tomada pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso. O repórter Pedro Pincer, da Rádio Senado, tem mais informações.

TÓPICOS:
Coronavírus  Eleições  Justiça  Justiça Eleitoral  Roberto Barroso  Tribunal Superior Eleitoral  TSE  Eleições 2020 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 0 61 2211
Ao vivo