Sabatina

CRE aprova 11 indicações de embaixadores na manhã desta segunda-feira

02:11CRE aprova 11 indicações de embaixadores na manhã desta segunda-feira

Transcrição LOC: OS SENADORES DA COMISSÃO DE RELAÇÕES EXTERIORES APROVARAM 11 INDICAÇÕES DE EMBAIXADORES NA MANHÃ DE SEGUNDA-FEIRA. LOC: FORAM APROVADOS NA COMISSÃO REPRESENTANTES EM PAÍSES COMO DINAMARCA, PAÍSES BAIXOS, ZÂMBIA E UCRÂNIA. AS INFORMAÇÕES COM O REPÓRTER RODRIGO RESENDE: (Repórter) Entre as indicações aprovadas está a de Paulo Roberto Caminha de Castilhos França para ser embaixador do Brasil nos Países Baixos. O relator desta indicação, senador Carlos Fávaro, do PSD de Mato Grosso, lembrou a importância estratégica dos Países Baixos para a economia brasileira: (Carlos Fávaro) Quanto ao reino dos países baixos, destaco que é formado por quatro países, Países Baixos, Aruba, Curaçao e St, Marteen. Os Países Baixos são o maior mercado para exportação brasileira na Europa e quarto maior do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Argentina. (Repórter) Arthur Henrique Villanova Nogueira teve o nome aprovado na CRE para ser representante do Brasil na Zâmbia, país africano: (Arthur Henrique Villanova Nogueira) A Zâmbia tem um histórico muito longo já de participação em eventos regionais desde a época da descolonização mas hoje ainda em fóruns de estabilização de zonas de conflitos de conflito na África, como por exemplo no Sudão. (Repórter) O embaixador Rodrigo de Azeredo Santos teve a indicação aprovada para a Dinamarca e a Lituânia. Para Rodrigo, a Dinamarca apresenta oportunidades para o Brasil: (Rodrigo de Azeredo Santos) Trata-se de um país com pequena população, com alta renda per capita de 60 mil dólares e elevado IDH, 11° no ranking mundial. A Dinamarca tem uma economia sólida, uma indústria moderna, um setor agrícola muito forte e com alta tecnologia. (Repórter) O senador Major Olímpio, do PSL de São Paulo, foi o relator da indicação de Norton de Andrade Mello Rapesta para a Ucrânia. Olímpio destacou os últimos acontecimentos políticos no país e afirmou que a Ucrânia vem retomando sua capacidade comercial: (Major Olímpio) O fim desse projeto aliado a manifestações nacionalistas e protestos públicos, bem como a incorporação da Criméia pela Rússia afetaram o relacionamento Brasil - Ucrânia. No entanto, a retomada do crescimento econômico pela Ucrânia em 16, trouxe novo fôlego para as relações bilaterais. (Repórter) Os senadores ainda aprovaram as indicações de embaixadores para os seguintes países: Trinidad e Tobago, Filipinas, Geórgia, Kuwait, Cabo Verde, Irlanda e Myanmar. Todas as indicações ainda serão votadas no plenário do Senado. Da Rádio Senado, Rodrigo Resende.

A Comissão de Relações Exteriores (CRE) aprovou 11 indicações para embaixadas brasileiras em diversos países na primeira fase de reuniões presenciais que aconteceu nesta segunda-feira (21) pela manhã. Entre as aprovações, estão representantes em países como Ucrânia, Zâmbia e Dinamarca. Todas as indicações ainda serão analisadas pelo plenário do Senado. Mais informações na reportagem de Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
África  Argentina  China  Comissão de Relações Exteriores  CRE  Economia  Embaixadores  Estados  Estados Unidos  Europa  França  Indústria  Manifestações  Mato Grosso  Plenário do Senado  PSD  PSL  Rússia  Relações Exteriores  São Paulo  Tecnologia 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo