Agricultura

CRA vai debater o uso de tecnologia nuclear em alimentos

01:49CRA vai debater o uso de tecnologia nuclear em alimentos

Transcrição LOC: COMISSÃO DE AGRICULTURA VAI DEBATER A UTILIZAÇÃO DE TECNOLOGIA NUCLEAR PARA AUMENTAR EM ATÉ TRÊS VEZES A DURABILIDADE DE ALIMENTOS. LOC: A IMPLEMENTAÇÃO DA TÉCNICA NO CAMPO BRASILEIRO PODE AJUDAR A IMPULSIONAR A EXPORTAÇÃO DE FRUTAS FRESCAS E VEGETAIS. REPÓRTER RAQUEL TEIXEIRA. TÉC: O Brasil possui tecnologia de irradiação desde a década de 1970, mas sua aplicação comercial em alimentos para o mercado interno é limitada a pimentas, condimentos e temperos. A tecnologia nuclear é usada amplamente em outros 55 países, principalmente para a exportação de frutas frescas, grãos e vegetais, aumentando a durabilidade de alimentos em até três vezes. Para debater o tema e a possibilidade de ampliar o uso dessa técnica no país, a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária aprovou requerimento de audiência pública com especialistas e representantes do Ministério da Agricultura, da Embrapa e da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados, entre outros. A presidente da CRA, senadora Soraya Thronicke, do PSL de Mato Grosso do Sul, afirma que a inovação pode promover aumento na exportação. (SORAYA) Pode ser algo muito interessante para nossa exportação e principalmente para os investidores do agronegócio, porque um centro de tecnologia nuclear, que não é caro montar isso, e que vai proporcionar que o Brasil expanda nas suas exportações de frutas e de absolutamente tudo. Rep: A irradiação de alimentos é um processo semelhante à pasteurização térmica, ao congelamento ou ao enlatamento, que consiste na exposição a raios gama, raios-x ou feixe de elétrons. O uso dessa tecnologia serve para aumentar a vida útil de alimentos, eliminando parasitas, fungos e bactérias, e reduzindo toxinas. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, a técnica tem finalidade sanitária e os alimentos que passam por este processo são totalmente seguros para o consumo humano. Da Rádio Senado, Raquel Teixeira.

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária aprovou requerimento de audiência pública com especialistas e representantes do Ministério da Agricultura, da Embrapa e da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados, entre outros, para debater o uso de tecnologia nuclear no aumento da durabilidade dos alimentos. As informações com a repórter Raquel Teixeira.

TÓPICOS:
Agricultura  Agronegócio  Alimentos  Anvisa  Comissão de Agricultura e Reforma Agrária  CRA  Embrapa  Exportações  Mato Grosso  Mato Grosso do Sul  PSL  Reforma Agrária  Senadora Soraya Thronicke  Tecnologia  Vigilância sanitária 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo