Comissões

CRA discute plano safra e mudanças no crédito rural

02:04CRA discute plano safra e mudanças no crédito rural

Transcrição LOC: A COMISSÃO DE AGRICULTURA PROMOVEU, NESTA QUARTA-FEIRA, UMA AUDIÊNCA PÚBLICA PARA DISCUTIR O PLANO SAFRA E O ATUAL SISTEMA DE CRÉDITO RURAL. LOC: PROBLEMAS COMO EXCESSO DE BUROCRACIA E ATRASO NOS PAGAMENTOS DIFICULTAM A TOMADA DE CRÉDITO, SEGUNDO A CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA AGRICULTURA. A REPORTAGEM É DE MARCELLA CUNHA TÉC: O representante da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil, Antônio da Luz, afirmou que o atual sistema de crédito rural dá claros sinais de esgotamento. (Antonio): Este sistema de Crédito Rural que foi muito bom, que começou lá nos anos 90, e que ajudou agricultura brasileira a chegar aonde chegou, ele está baseado em Recursos que são dos depósitos à vista e dos depósitos de poupança, que crescem menos do que cresce a nossa demanda por crédito. Logo esse é um sistema que entrou em colapso nós precisamos pensar alternativas. (Rep) Antônio defendeu a inclusão de mais bancos no processo de tomada de crédito e instrumentos mais sofisticados de investimento, como o Certificado de Recebíveis do Agronegócio, o CRA e a Cédula do Produtor Rural, CPR. Dentre os pontos que precisam ser melhorados, o representante da CNA citou o excesso de burocracia, a falta de previsibilidade do setor e atrasos na liberação dos recursos, principalmente do Seguro Rural. O Secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eduardo Marques, concordou que é chegada a hora de pensar em alternativas. (Eduardo): O modelo está capengando, mas a parte boa é: nós estamos com taxa de juros agora quase estabilizada já a mais de 12 meses, a taxa de juros básica da economia. Isso permite que a gente pense em alternativas impensáveis a pouco tempo atrás.” (Rep) A presidente da Comissão de Agricultura, Soraya Thronicke, do PSL de Mato Grosso do Sul, disse que o Plano Safra deve ser desenhado para atender as necessidades reais dos produtores. (Soraya) Nós sabemos que este governo reconhece, preza, respeita e confia no agronegócio. Salvou o Brasil nas fases mais difíceis de grande crise econômica, foi o Agro que sustentou. (Rep) Os participantes também demonstraram preocupação com a queda de 30% no número de contratos de crédito rural firmados nos últimos 4 anos. Da Rádio Senado, Marcella Cunha

A Comissão de Agricultura e Pecuária ouviu, nesta quarta-feira (22) a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil sobre o Plano Safra e os problemas do atual sistema de crédito rural. A presidente do colegiado, Soraya Thronicke (PSL-MS), disse que o Plano Safra deve ser desenhado para atender as necessidades reais dos produtores.  A reportagem é de Marcella Cunha

TÓPICOS:
Agricultura  Agronegócio  Bancos  Burocracia  CRA  Crédito  Crise econômica  Economia  Juros  Mato Grosso  Mato Grosso do Sul  Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento  Pecuária  Política  PSL  Senadora Soraya Thronicke 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11