Comissões

CPI do Judiciário é arquivada por falta de assinaturas

01:01CPI do Judiciário é arquivada por falta de assinaturas

Transcrição LOC: O PEDIDO PARA CRIAR A CPI DO JUDICIÁRIO, CONHECIDA COMO “LAVA TOGA”, FOI ARQUIVADO HOJE. EM COLETIVA DE IMPRENSA, O PRESIDENTE DO SENADO, DAVI ALCOLUMBRE, EXPLICOU QUE, EMBORA O REQUERIMENTO TENHA SIDO APRESENTADO COM 27 ASSINATURAS – O MÍNIMO NECESSÁRIO PARA PEDIR A CRIAÇÃO DE CPI – DUAS ASSINATURAS FORAM RETIRADAS. TÉC: “O requerimento foi apresentado com número suficiente, mas o que determina a Constituição e o Regimento Interno não constava no momento. Já que eu tinha determinado que fosse colocado todos os requerimentos em pauta, e já estava na pauta da sessão de hoje, como não tinha o número suficiente de 25 assinaturas e precisava de 27, eu determinei o arquivamento porque não poderia proceder de outra maneira. (REPÓRTER) O senhor falou que dois senadores retiraram a assinatura... (Davi) Sim, o senador Tasso Jeressaiti e o senador Eduardo Gomes”. LOC: O PEDIDO DE CRIAÇÃO DA CPI PARA INVESTIGAR PRÁTICAS CONSIDERADAS QUESTIONÁVEIS NOS TRIBUNAIS SUPERIORES FOI DE AUTORIA DO SENADOR ALESSANDRO VIERA, DO PPS DE SERGIPE.

O pedido para criar a CPI do Judiciário, apelidada de “Lava Toga”, foi arquivado nesta segunda-feira (11) por não ter o mínimo de 27 assinaturas. Em coletiva de imprensa, o presidente do Senado informou que os senadores Eduardo Gomes (MDB-TO) e Tasso Jeressaiti (PSDB-CE) retiraram as assinaturas.

TÓPICOS:
CE  Comissões  Constituição  CPI  Imprensa  Judiciário  Lava Toga  PPS  PSDB  Regimento Interno  Sergipe 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11