Notícias

CPI aprova diligência na sede do BNDES no Rio de Janeiro

01:33CPI aprova diligência na sede do BNDES no Rio de Janeiro

Transcrição LOC: A COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO DO BNDES APROVOU REQUERIMENTO PARA FAZER DILIGÊNCIAS NA SEDE DO BANCO, AINDA EM NOVEMBRO. LOC: JUNTO COM A COMISSÃO MISTA QUE INVESTIGA A JBS, A CPI DO BNDES TAMBÉM VAI OUVIR OS EMPRESÁRIOS JOESLEY BATISTA E EIKE BATISTA, COMO INFORMA A REPÓRTER REBECA LIGABUE (LIGABÍ). TÉC: Consultores e assessores do Senado vão ao Rio de Janeiro, a serviço da CPI do BNDES, para reuniões com a equipe técnica do banco. A ideia é coletar informações e documentos que possam ajudar nos trabalhos do colegiado. Para o presidente da CPI, senador Davi Alcolumbre, do Democratas do Amapá, a diligência será essencial para as conclusões finais e elaboração do relatório. (Davi Alcolumbre – 27”) Eu e o senador Roberto, que é o relator, decidimos que a gente queria que os assessores que estão nos acompanhando, nos ajudando na elaboração do nosso relatório da CPI, que eles pudessem ir ao BNDES, no Rio de Janeiro, fazer reuniões mais de trabalho com os técnicos do BNDES para subsidiar as oitivas que nós estamos fazendo em relação aos convidados e aos convocados da comissão. Portanto, é uma reunião mais técnica, não necessariamente precisa da presença de um parlamentar, especialmente nem do presidente nem do relator. (Repórter) Foi aprovado ainda um pedido do senador Roberto Rocha, do PSDB do Maranhão, para que a Procuradoria-Geral da República envie uma cópia do processo, que foi arquivado, de delação premiada do ex-funcionário da Odebrecht José Carvalho Filho. A CPI, criada para investigar suspeitas de corrupção na concessão de empréstimos do BNDES a várias empresas, também vai ouvir nos próximos dias o empresário Joesley Batista, ex-presidente da JBS, e Eike Batista, do grupo EBX. A reunião será feita em conjunto com a CPI Mista da JBS. Da Rádio Senado, Rebeca Ligabue. REQUERIMENTOS 32 e 33 de 2017

A Comissão Parlamentar de Inquérito do BNDES aprovou requerimento para fazer diligências na sede do banco, ainda em novembro. Junto com a Comissão Mista da JBS, a CPI do BNDES também vai ouvir os empresários Joesley Batista, ex-presidente da JBS, e Eike Batista, do grupo EBX. Para o presidente da CPI, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), a diligência será essencial para as conclusões finais e elaboração do relatório. Ele explicou que as diligências, por terem caráter técnico, serão realizadas pelos servidores da comissão que assessoram a elaboração do relatório.

TÓPICOS:
BNDES  Comissão Parlamentar de Inquérito  Corrupção  CPI  CPI do BNDES  Procuradoria-Geral da República  Rio de Janeiro  Senador Davi Alcolumbre  Senador Roberto Rocha  Trabalho 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo