Precaução

Coronavírus: Senado e Câmara restringem acesso ao Congresso

01:45Coronavírus: Senado e Câmara restringem acesso ao Congresso

Transcrição LOC: SENADO E CÂMARA DOS DEPUTADOS DECIDEM RESTRINGIR ACESSO DE PESSOAS AO CONGRESSO NACIONAL PARA EVITAR CASOS DE CORAVÍRUS. LOC: AS SESSÕES DE VOTAÇÕES NO PLENÁRIO E AS REUNIÕES DAS COMISSÕES PERMANENTES ESTÃO MANTIDAS. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN TÉC: Após a Organização Mundial da Saúde declarar pandemia de coronavírus, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, do Democratas do Amapá, decidiu restringir o acesso de pessoas ao Congresso Nacional. Segundo o ato, só poderão entrar nas dependências do Legislativo parlamentares, servidores e convidados para as atividades da Casa. Também estão suspensos eventos coletivos e missões oficiais de senadores e funcionários ao exterior. Ainda de acordo com a norma emergencial, serão afastados por 14 dias os parlamentares e servidores que estiveram em países com reconhecida transmissão local do coronavírus e que apresentarem sintomas respiratórios ou febre. O mesmo vale para quem tenha mantido contato com pessoas contaminadas. O senador Nelsinho Trad, do PSD de Mato Grosso do Sul, que é médico, defendeu as medidas de combate à propagação do coronavírus. Ele esclareceu que as votações no Plenário e as reuniões das comissões permanente estão mantidas. (Nelsinho) Você acaba restringindo a um círculo delimitado e mesmo assim todos os cuidados têm que serem tomados. Ninguém está imune a uma situação como essa. O vírus não escolhe A, B ou C. Ele existe para poder contaminar todos nós e nós temos que ter todos os cuidados para evitar que isso aconteça, não só em relação a gente mesmo como também ao próximo que está nos ouvindo. REP: O Senado também vai reforçar a oferta de dispensadores de álcool em gel e vai intensificar a limpeza e a desinfecção das dependências da Casa. Da Rádio Senado, Hérica Christian Ato 2/2020

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), assinou um ato restringindo a entrada de pessoas nas dependências do Congresso Nacional após o anúncio da pandemia do coronavírus. Parlamentares e servidores que visitaram países com a transmissão da doença ou que tiveram contato com pessoas contaminadas serão afastados por 14 dias. Ao defender as medidas de prevenção, o senador Nelsinho Trad (PSD-MS), que é médico, esclareceu que as votações estão mantidas. As informações são da repórter da Rádio Senado, Hérica Christian.

TÓPICOS:
Amapá  Câmara dos Deputados  Congresso Nacional  Davi Alcolumbre  DEM  Mato Grosso do Sul  Organização Mundial da Saúde  PSD  Saúde  Senador Davi Alcolumbre  Senador Nelsinho Trad  Coronavírus  Comissões  Mato Grosso  covid-19 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo