Copa do Mundo de 2014 é um dos destaques da Comissão de Meio Ambiente

07:10Copa do Mundo de 2014 é um dos destaques da Comissão de Meio Ambiente

LOC: O CICLO DE DEBATES SOBRE OS 20 ANOS DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR E OS PREPARATIVOS PARA A COPA DE 2014 NO BRASIL FORAM ALGUNS DOS DESTAQUES DA COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE, DEFESA DO CONSUMIDOR E FISCALIZAÇÃO E CONTROLE DO SENADO DURANTE O PRIMEIRO SEMESTRE. CONFIRA NA REPORTAGEM DE SERGIO VIEIRA.

LOC: A Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado enfrentou dificuldades, durante o primeiro semestre, para conseguir quórum qualificado e permitir a votação de projetos terminativos, que dispensam a votação em Plenário e seguem diretamente para a Câmara dos Deputados ou para a sanção presidencial. Por isso, as ações dos senadores de concentraram nas Subcomissões, como a que trata da fiscalização das obras relativas à Copa do Mundo de 2014, e a que fiscaliza a construção da usina de Belo Monte, no Pará. Uma das providências da primeira foi convidar o presidente da CBF e do Comitê Organizador da Copa, Ricardo Teixeira, para expor ao lado do Ministro dos Esportes, Orlando Silva, o andamento e os atrasos das obras. O Brasil foi confirmado como sede da Copa de 2014 em outubro de 2007, mas as obras de infra-estrutura e a construção e reforma dos estádios ainda estão lentas, de acordo com o senador Cesar Borges do PR da Bahia. (CESAR BORGES): Não são projetos simples, questões de mobilidade. Vai desde o aeroporto, depois ao transporte dos passageiros até a arena, depois o escoamento, e realmente começamos a ficar preocupados se a FIFA vai continuar mantendo estas sub-sedes. Recentemente eu participei de um evento com o setor turístico lá da Bahia, e há uma preocupação muito grande se as coisas vão acontecer, se não vão acontecer. Houve uma declaração de representantes da FIFA dizendo que no Brasil é fácil fazer os compromissos, difícil é executá-los. E que poderia até retirar algumas cidades. (rep): A subcomissão é presidida pelo senador Cicero Lucena do PSDB da Paraíba, e a audiência deve acontecer no segundo semestre. A comissão aprovou também um projeto que determina que a Copa de 2014 seja ambientalmente sustentável. O governo deverá adotar políticas para neutralizar todas as emissões de gases causadores do efeito estufa relacionadas à organização do mundial. Caso a proposta seja aprovada pela Câmara dos Deputados e depois sancionada, será a primeira vez na história que um país assume o compromisso de realizar uma ¿copa verde¿, sem prejuízos ao meio ambiente. O presidente da comissão, senador Renato Casagrande do PSB do Espírito Santo, lembrou que nem mesmo a Alemanha, um dos países mais industrializados do mundo, fez um compromisso como este, e que o respeito à sustentabilidade ambiental será fiscalizado pelo Senado. (RENATO CASAGRANDE): Um trabalho de sustentabilidade da Copa de 2014, que tem por objetivo nós alcançarmos uma menor quantidade de emissões nas obras relacionadas à Copa de 2014. Tenho certeza que o Brasil vai dar conta do recado, mas não custa esta Comissão acompanhar de perto e fazer a fiscalização necessária. A exigência aqui é maior e tem que ser mesmo, então eu tenho certeza que nós vamos de fato conseguir realizar um grande evento desportivo para o Brasil e para o mundo. (rep) A comissão promoveu, em março, um seminário sobre a ¿copa verde¿. uma das ideias apresentadas, do Ministério das Minas e Energia, foi um selo similar ao dos eletrodomésticos, mostrando a eficiência no consumo de energia para prédios comerciais com mais de 500 metros quadrados. O selo seria aplicado a todas as obras relacionadas à Copa de 2014. Segundo o representante do Ministério, Paulo Leonelli, a adesão seria voluntária em um primeiro momento. (PAULO LEONELLI): Uma vez que as vantagens são exacerbadas e ficam evidentes, a demanda por aquele instrumento normativo praticamente torna a compulsoridade não uma obrigação, mas uma ferramenta de política industrial. (rep) A eficiência energética pode ser atingida com o uso de lâmpadas de LED, econômicas e duradouras, e com fontes alternativas

TÓPICOS:
Comissão de Meio Ambiente  Cidades  Energia  Espírito Santo  Consumidor  Paraíba  Copa do Mundo  PR  Fiscalização  Pará  Sustentabilidade  Efeito estufa  Defesa do Consumidor  Câmara dos Deputados  História  PSDB  Meio Ambiente  Política  Trabalho  Bahia  CBF  PSB  Alemanha 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo