Condenado vai ficar mais tempo na cadeia antes de liberdade condicional

01:37Condenado vai ficar mais tempo na cadeia antes de liberdade condicional

LOC: OS CONDENADOS POR CRIME HEDIONDO, COMO TRÁFICO DE DROGAS E ROUBO SEGUIDO DE MORTE, DEVERÃO PASSAR MAIS TEMPO NA PRISÃO ANTES DE CONSEGUIREM O BENEFÍCIO DA LIBERDADE CONDICIONAL.

LOC: É O QUE DETERMINA UM PROJETO QUE DEVE SER ANALISADO NESTA QUARTA-FEIRA PELA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA. REPÓRTER GEORGE CARDIM.
Téc: (0615Cardim HC Crimes hediondos Tempo: ) O projeto do senador Hélio Costa, do PMDB de Minas Gerais, altera o Código Penal para tornar mais rigorosa a concessão de liberdade condicional a condenados por crimes hediondos, como sequestro, estupro e roubo seguido de morte. O texto aumenta a permanência na prisão; os detentos devem cumprir pelo menos quatro quintos da pena antes da condicional. Atualmente, os criminosos podem receber o benefício após cumprir dois terços da pena. Hélio Costa defendeu a aprovação do relatório do senador Demóstenes Torres, do Democratas de Goiás, que prevê o aumento da pena em regime fechado. O senador lembrou recentes casos de violência, como o assassinato de seis jovens em Luziânia no início do ano, por um ex-condenado por pedofilia, Adimar Jesus da Silva, depois que este ganhou a liberdade condicional. Hélio Costa também defendeu a volta do exame criminológico, uma avaliação psiquiátrica e psicológica, para atestar que o preso está apto ao convívio social. (Costa) TÉC: (0427V14 ¿ Hélio Costa ¿ 29¿) ¿Rogo a meus pares e em especial ao senador demóstenes torres que examine com atenção e carinho o pls 249/2005, o qual se aprovado irá certamente atender a uma demanda justa, oportuna e inadiável da sociedade brasileira. Crime hediondo se paga na cadeia ///corte///¿(Cardim) Se aprovada, a proposta deve ser encaminhada diretamente para o exame da Câmara dos Deputados.

TÓPICOS:
Pedofilia  Crimes Hediondos  Violência  Goiás  Drogas  Minas Gerais  Estupro  Constituição  Justiça  Câmara dos Deputados  PMDB  Código Penal 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo