Segurança

Comissão que reformula o Código Brasileiro da Aeronáutica deve analisar segurança de aeronaves de pequeno porte

02:06Comissão que reformula o Código Brasileiro da Aeronáutica deve analisar segurança de aeronaves de pequeno porte

Transcrição LOC: METADE DOS ACIDENTES AÉREOS NO BRASIL INCLUI AERONAVES DE PEQUENO PORTE E PRIVADAS LOC: VICE-PRESIDENTE DA COMISSÃO ESPECIAL QUE REFORMULA O CÓDIGO BRASILEIRO DA AERONÁUTICA NO SENADO VAI PEDIR SÉRIE DE AUDIÊNCIAS SOBRE SEGURANÇA DESSE TIPO DE TRANSPORTE. REPÓRTER THIAGO MELO. TÉC: Pelo menos cinco acidentes com aeronaves resultaram na morte de políticos brasileiros. Entre eles, Castelo Branco, ex-presidente do Brasil, que morreu em 1967, quatro meses após deixar o poder e o avião em que estava cair em Fortaleza. Em 1992, o então deputado Ulysses Guimarães e o senador Severo Gomes estavam no mesmo helicóptero que desabou no litoral de Angra dos Reis. O corpo de Ulysses nunca foi encontrado. Em 2014, o então candidato à presidência da República, Eduardo Campos, morreu em um acidente com uma aeronave de pequeno porte, em Santos, São Paulo. No Senado, está em análise o projeto de lei que institui o Código Brasileiro de Aeronáutica. A proposta tem o objetivo de aprimorar a legislação atual, além de propor medidas de segurança no transporte de cargas e de pessoas. O senador Pedro Chaves, do PSC de Mato Grosso do Sul, afirmou que pretende realizar neste ano audiências públicas para discutir a segurança de aeronaves de pequeno porte. Vice-presidente da comissão especial, ele observa que grande parte dos acidentes aéreos ocorre com esse tipo de avião. (Pedro Chaves) Nós vamos reavaliar o trabalho feito até agora, e isso vai fazer com que a gente possa aprofundar, evitando acidentes, o número de acidentes é inaceitável. Então esse caso é muito delicado, muito grave. (REP) Um relatório anual da Agência Nacional de Aviação Civil mostra que em 2015 ocorreram 117 acidentes aéreos em todo o país, envolvendo aeronaves nacionais e certificadas pela Anac, sendo 26 deles com mortes. O estudo aponta ainda que 48% do total de acidentes envolveram aeronaves privadas e de pequeno porte. Após ser analisada pela comissão especial, a proposta de lei do Código da Aeronáutica deve seguir para a Comissão de Constituição e Justiça. Da Rádio Senado, Thiago Melo. PLS 258/2016

TÓPICOS:
São Paulo  Mato Grosso  Rádio Senado  Senador Pedro Chaves  PSC  Mato Grosso do Sul  Presidência da República  Anac  Justiça  Constituição  Trabalho  Aviação Civil  Segurança 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo