Previdência

Comissão de acompanhamento da reforma da Previdência ouvirá especialistas sobre 11 temas

01:53Comissão de acompanhamento da reforma da Previdência ouvirá especialistas sobre 11 temas

Transcrição LOC: COMISSÃO ESPECIAL DE ACOMPANHAMENTO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA DECIDE OUVIR ESPECIALISTAS SOBRE ONZE TEMAS DA PROPOSTA DO GOVERNO. LOC: SENADORES VÃO COMPARAR LEVANTAMENTOS OFICIAIS E DE TÉCNICOS DO SENADO SOBRE O DÉFICIT NAS CONTAS DO INSS. REPÓRTER HÉRICA CHRISTIAN. (Repórter) Os integrantes da Comissão Especial de Acompanhamento da Reforma da Previdência decidiram ouvir especialistas sobre onze temas: diagnóstico e perspectivas para as contas da Previdência; raio x dos regimes próprios da União, dos Estados e dos Municípios; os pagamentos da pensão por morte e do abono salarial; o acúmulo de benefícios; a Previdência rural e dos militares; o Benefício de Prestação Continuada e o financiamento da Seguridade; as regras de transição; a cobertura previdenciária e a questão de gênero na Previdência. O relator, senador Tasso Jereissati, do PSDB do Ceará, afirmou que serão convidados técnicos contrários e favoráveis à Reforma da Previdência. (Tasso Jereissati) O que nós vamos fazer agora é uma série de debates ouvindo vários segmentos, pessoas contra e a favor, senadores, pontos específicos. Acompanhar o que está acontecendo na Câmara pari-passu, fazendo a Câmara ouvir também quais são as restrições que tem aqui para a gente poder apressar o projeto. (Repórter) O presidente da Comissão, senador Otto Alencar do PSD da Bahia, voltou a afirmar que o Senado não vai atropelar os deputados, que, de fato, discutem e votam a Reforma num primeiro momento. (Otto Alencar) Nós não vamos de maneira nenhuma interferir no que vai ser aprovado na Câmara. Não há a menor condição. Vamos trabalhar na alteração que a gente achar correto aqui no Senado Federal. Os deputados federais têm toda a autonomia para fazer as modificações que acharem necessárias. Portanto, aqui é só estudar, ver, chamar os técnicos. (Repórter) A Comissão Especial de Acompanhamento da Reforma da Previdência solicitou um levantamento do governo e de técnicos do Senado dos números do INSS, incluindo a arrecadação e o déficit.

Os integrantes da Comissão Especial de Acompanhamento da reforma da Previdência (PEC 06/2019) vão ouvir especialistas sobre 11 temas. Entre eles, as contas do INSS, a Previdência Rural e dos militares, o Benefício de Prestação Continuada e as regras de transição. Segundo o relator, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), serão convidados técnicos contra e a favor da reforma. Já o presidente da Comissão, senador Otto Alencar (PSD-BA), voltou a afirmar que o Senado não vai atropelar os deputados, que, de fato, discutem e votam a proposta num primeiro momento.

TÓPICOS:
Bahia  Ceará  Estados  Gênero  INSS  Municípios  Previdência  PSD  PSDB  Reforma da Previdência  Senado Federal  Senador Otto Alencar  Senador Tasso Jereissati  União  CE 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11