Desenvolvimento Regional

CDR deve debater Programa de Aviação Regional com autoridades e empresas aéreas

05/05/2016, 13h34 - ATUALIZADO EM 05/05/2016, 13h34
Duração de áudio: 01:46
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Transcrição
LOC: A COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO DEVE DISCUTIR COM AUTORIDADES E REPRESENTANTES DE EMPRESAS AÉREAS O PROGRAMA DE AVIAÇÃO REGIONAL. LOC: OS SENADORES DEFENDEM QUE O GOVERNO DEVE INVESTIR NA EXPANSÃO DOS AEROPORTOS LONGE DAS CAPITAIS E ASSEGURAR A REDUÇÃO DO PREÇO DAS PASSAGENS. REPÓRTER GEORGE CARDIM. (Repórter) Anunciado como prioridade em 2012, o Programa de Aviação Regional destinava mais de sete bilhões de reais na construção e reforma de 270 aeroportos de pequeno e médio porte. No entanto, devido ao ajuste fiscal, a promessa não decolou e os projetos de viabilidade técnica e processos de licenciamento ambiental não saíram do papel. Para discutir os principais problemas e as expectativas do setor, os senadores da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo vão receber o ministro da Secretaria de Aviação Civil, o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil e da Infraero e representantes dos empregados e dos donos das empresas aéreas. Durante a votação do pedido de audiência pública, o presidente da Comissão, senador Davi Alcolumbre, do Democratas do Amapá, defendeu a expansão dos aeroportos longe das capitais e a redução nos preços das passagens. (Davi Alcolumbre) “Acho que este debate vai ser muito importante, muito produtivo, haja visto que nós temos quarenta milhões de brasileiros que vivem nestes estados atendidos pelo plano nacional de aviação nacional e a gente sente a dificuldade hoje de várias cidades destas regiões não serem atendidas por vôos regulares, cidades importantes que não têm nem um voo por dia regular” (Rerpórter) Entre outros objetivos, o Programa de Aviação Regional busca integrar o território nacional, fortalecer o turismo e melhorar a oferta de vôos, principalmente para a Amazônia Legal. A audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo ainda não tem data definida.

Ao vivo
00:0000:00