Comissões

CDR cobra conclusão das obras de transposição e a revitalização do Rio São Francisco

02:34CDR cobra conclusão das obras de transposição e a revitalização do Rio São Francisco

Transcrição LOC: SENADORES COBRARAM DO MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL A CONCLUSÃO DAS OBRAS DE TRANSPOSIÇÃO E TAMBÉM A REVITALIZAÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO. LOC: O ASSUNTO FOI DEBATIDO, NESTA QUARTA-FEIRA, EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NA COMISSÃO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL E TURISMO. REPÓRTER CELSO CAVALCANTI: TÉC: A transposição de parte das águas do Rio São Francisco tem como objetivo garantir o abastecimento a 12 milhões de pessoas nos estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Durante a audiência no Senado, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, relatou que o primeiro eixo, o leste, já foi entregue em 2017, enquanto o eixo norte está com 97% das obras concluídas. Ele disse que o Ministério ainda aguarda a liberação de novos recursos do orçamento federal para finalização do projeto. Autor do requerimento para a audiência pública, o senador Otto Alencar, do PSD baiano, considera fundamentais as obras de transposição, mas cobrou investimentos efetivos também na revitalização do Rio e de seus afluentes: (Otto Alencar): A bacia do São Francisco, tanto seus rios tributários ou afluentes, ou a própria calha, está completamente assoreada, entupida, aterrada. Todas essas regiões precisam urgentemente de abastecimento de água. E tem que botar água. Agora, se colocar água, botar 14, 15 bilhões na transposição e não colocar nada na revitalização é crime contra o patrimônio do povo brasileiro. (REP) Presente à audiência pública no Senado, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, avalia que é papel do governo federal colocar recursos na proteção ambiental do Rio: (Fátima Bezerra): Se a gente quer que o São Francisco dê vida aos irmãos nordestinos, é preciso dar vida ao São Francisco. E aí se não tiver verba do governo federal nós não vamos tratar do esgoto, do saneamento ambiental nem dos resíduos sólidos, porque os municípios não dispõem de dinheiro, e muito menos exatamente o estado. (REP) O ministro Gustavo Canuto lembrou que recentemente o governo federal, em conjunto com os estados de Goiás e Mato Grosso, lançou o projeto Juntos pelo Araguaia, para revitalização daquele Rio, e disse aos senadores que o mesmo modelo de parceria deve ser usado para o São Francisco. (Gustavo Canuto): O presidente da República foi ao Araguaia já para sinalizar o primeiro programa, foi um piloto de uma forma que imaginamos possa ser um caminho. Isso vai ser repetido para o Parnaíba, para o São Francisco, foi um começo mas não vai se encerrar ali. É uma preocupação do governo federal de fato. (REP) Com cerca de 2 mil e 800 km de extensão, a bacia do Rio São Francisco atende mais de 500 municípios, e tem 80% do uso de suas águas destinados à irrigação. Da Rádio Senado, Celso Cavalcanti. PROJETO:

Em audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), senadores cobraram do governo federal a conclusão das obras de transposição do Rio São Francisco. O autor do pedido para a reunião, senador Otto Alencar (PSD-BA) lembrou que, tão importante quanto a transposição, é a revitalização da bacia do Rio. A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, considera responsabilidade do governo federal alocar os recursos necessários para o projeto. O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, disse que a ideia é implementar no São Francisco o mesmo modelo usado no plano de revitalização do Rio Araguaia, um projeto em parceria do governo federal com os estados da região. A reportagem é de Celso Cavalcanti, da Rádio Senado.

TÓPICOS:
Água  CDR  Ceará  Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo  Desenvolvimento  Desenvolvimento Regional  Estados  Goiás  Investimentos  Mato Grosso  Municípios  Orçamento  Paraíba  Pernambuco  Presidente da República  PSD  Regional  Resíduos Sólidos  Rio Grande do Norte  Rio São Francisco  Senador Otto Alencar  Senadora Fátima Bezerra  Turismo 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo