Comissões

Aprovadas propostas que diminuem imposto de pessoas com deficiência

01:28Aprovadas propostas que diminuem imposto de pessoas com deficiência

Transcrição LOC: PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PODERÃO TER ISENÇÃO OU DESCONTO NO IMPOSTO DE RENDA. E EMPRESAS QUE CONTRATAREM ESSAS PESSOAS RECEBERÃO DEDUÇÃO NO IMPOSTO DE RENDA DA PESSOA JURÍDICA. LOC: OS PROJETOS FORAM APROVADOS PELA COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS E SEGUEM PARA ANÁLISE DA COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES. TÉC: Três projetos aprovados pela Comissão de Direitos Humanos concedem isenção ou abatimento no Imposto de Renda: A proposta do senador Flávio Arns, da Rede Sustentabilidade do Paraná, isenta do Imposto de Renda os aposentados e reformados com deficiência. O projeto da Senadora Mara Gabrilli, do PSDB de São Paulo, deduz do imposto de renda as despesas com próteses, órteses e tecnologias assistivas específicas para pessoas com deficiência. E o projeto do senador Luis Carlos Heinze, do PP gaúcho, concede deduções no Imposto de Renda às empresas que contratarem pessoas com deficiência física, auditiva ou visual. O senador Lasier Martins, do Podemos do Rio Grande do Sul, que relatou os projetos de Gabrilli e Heinze, elogiou as propostas. (Lasier): “No projeto da senadora Mara é possibilidade de dedução do Imposto de Renda para a própria pessoa que precisa de próteses ou medidas assistivas. No projeto do senador Heinze é possibilidade de a empresa: torna possível a dedução do valor total ou parcial das despesas com a contratação de pessoas com deficiência. Importante esclarecer, senhor presidente, a empresa não é obrigada; ela pode usar do direito de abater, de deduzir”. (Rep): Os três projetos de lei, agora, serão analisados pela Comissão de Assuntos Econômicos. Da Rádio Senado, Iara Farias Borges. PL 1254/2019 PL 1281/2019 PL 1302/2019

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou três propostas que beneficiam as pessoas com deficiência. Uma delas (PL 1302/2019), de autoria do senador Flávio Arns (Rede-PR), isenta do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) os aposentados e reformados com deficiência. Outra (PL 1254/2019), da Senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), deduz do Imposto de Renda dessas pessoas as despesas com próteses, órteses e tecnologias assistivas. E o projeto (PL 1281/2019) do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) concede deduções no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ) a empresas que contratarem pessoas com deficiência física, auditiva ou visual.  Reportagem, Iara Farias Borges.

TÓPICOS:
Aposentados  CDH  Comissão de Assuntos Econômicos  Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa  Comissões  Direitos Humanos  Empresas  Imposto de Renda  Paraná  Pessoas com Deficiência  Podemos  PP  PR  PSDB  Rede  Rede Sustentabilidade  Rio Grande do Sul  São Paulo  Senador Flávio Arns  Senador Lasier Martins  Senador Luis Carlos Heinze  Senadora Mara Gabrilli  Sustentabilidade 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo