Comissões

CAS debate infecção pelo Zika vírus em adultos

02:01CAS debate infecção pelo Zika vírus em adultos

Transcrição LOC: COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DEBATE INFECÇÃO PELO ZIKA VIRUS EM ADULTOS LOC: PESQUISADORAS MOSTRARAM QUE, AO CONTRÁRIO DO QUE SE ACHAVA, NÃO SÃO APENAS AS GRÁVIDAS QUE PODEM SER INFECTADAS. AS INFORMAÇÕES COM O REPÓRTER PEDRO PINCER: TÉC: Cientistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a UFRJ, descobriram que o vírus da Zika também é capaz de infectar o tecido que cobre o sistema nervoso central dos pacientes adultos em fase aguda – e não apenas de fetos. O assunto foi debatido nesta quarta-feira na Comissão de Assuntos Sociais. O estudo explica as complicações neurológicas apresentadas por adultos durante o surto da doença em 2015. Alguns pacientes apresentaram confusão mental, perda de memória e até dificuldades motoras. Os pesquisadores infectaram com o vírus da Zika amostras de tecido cerebral de adultos humanos. Para a surpresa dos autores, o vírus se mostrou capaz de infectar os neurônios e se multiplicar. A neurocientista Claudia Figueiredo explicou que o estudo aponta que, ao contrário do que se supunha, não são apenas as grávidas que correm o risco de sofrer os efeitos do Zika Vírus. (Claudia Figueiredo) “O que se falava era que o problema era as grávidas, a doença seria autolimitada em adultos. Geralmente é autolimitada em adultos, mas muitos pacientes desenvolvem quadros neurológicos. A gente descobriu que o vírus infecta o sistema nervoso central, ele replica no sistema nervoso central de camundongos, ele infecta o tecido humano, ele multiplica nesse tecido, então ele infecta o tecido adulto. ”. Mestre em farmacologia Fernanda Aragão destacou a importância de se estudar os efeitos do vírus em adultos. (Fernanda Aragão) “Cada vez mais relatos tem trazido uma associação entre diversos acometimentos neurológicos e a infecção pelo vírus da Zika em adultos. Isso tanto aqui no Brasil quanto em diversos países da América Latina e da Ásia, principalmente com a síndrome de guillain-barré, encefalites, meningites e mielites. O debate, presidido pelo senador Luiz do Carmo, do MDB de Goiás, também abordou a demência em pessoas com menos de 60 anos. Da Rádio Senado, Pedro Pincer

Cientistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) descobriram que o vírus da Zika também é capaz de infectar o tecido que cobre o sistema nervoso central dos pacientes adultos em fase aguda – e não apenas de fetos. O assunto foi debatido nesta quarta-feira (11) na Comissão de Assuntos Sociais. O estudo explica as complicações neurológicas apresentadas por adultos durante o surto da doença em 2015. Alguns pacientes apresentaram confusão mental, perda de memória e até dificuldades motoras. Os pesquisadores infectaram com o vírus da Zika amostras de tecido cerebral de adultos humanos. Para a surpresa dos autores, o vírus se mostrou capaz de infectar os neurônios e se multiplicar. Mais informações com o repórter Pedro Pincer, da Rádio Senado.

 

TÓPICOS:
América Latina  Ásia  CAS  Comissão de Assuntos Sociais  Goiás  MDB  Rio de Janeiro  Senador Luiz do Carmo  Zika Vírus  Comissões 

Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11
Ao vivo